o que é desodorante de “cristal” e como funciona

Loma Sernaiotto

skincare
follow me

Curiosa. Filha de Iemanjá e Xangô. Publicitária, tatuadora cosmética. Blogueira há +15 anos. E muito feliz em ter você aqui.

Receitas
Blogosfera
Wellness
Viagens
leia também:

loma sernaiotto

O que é desodorante de cristal e como funciona? É natural mesmo? Hoje eu respondo essas dúvidas e muitas outras, vem comigo.

A real é que nosso corpo precisa suar para eliminar toxinas e regular a temperatura, e impedir a transpiração com uso de desodorante pode ser prejudicial pra nossa saúde.

Você sabia que o odor que emitimos não é culpa do suor, mas sim da aglomeração de bactérias bem como outros fatores internos e externos do corpo? Nossos hormônios, as roupas que usamos e até o que comemos podem influenciar no famoso “cê-cê“.

Nós já sabemos que desodorantes são eficazes pra evitar transpiração nas axilas, mas será que existe uma forma de inibir o odor, mas sem impedir a transpiração?

Existe sim e envolve dois tipos de alúmen, ou sulfato duplo de alumínio, como alternativa ao cloridrato de alumínio que já é usado em desodorantes convencionais. Pareceu muito confuso até aqui? Vou explicar o rolê do alumínio mais abaixo.

Porém nós precisamos ter cautela ao falar sobre o desodorante, já que radicalismo gera pânico e meu objetivo aqui é desmistificar a desinformação. Com conhecimento em mãos, você pode tomar decisões conscientes sobre os produtos que passa na pele.

O rolê do alumínio, explicado

O cloridrato de alumínio é usado na formulação de desodorantes pois atua como inibidor da transpiração, impedindo a passagem do suor. No entanto, estudos comprovam que o componente apresenta efeitos tóxicos ao organismo humano em determinadas quantidades e cumulativamente.

Sabe aquela notícia que rolou no grupo de família sobre desodorantes causarem câncer? Acontece que sua tia-avó estava meio certa.

Entram em cena os sulfatos duplo de alumínio: alúmen de potássio (popularmente chamado de pedra-hume) e alúmen de amônio, como alternativas. Por possuírem um tamanho molecular maior, não são nem absorvidos pela nossa pele e tampouco inibem o processo de suar, atuando como antibacterianos e prevenindo o odor.

Os desodorantes de cristal (ou em pedra) são formulados com esses alúmens, que podem ser obtidos de forma natural ou sintética.

Qual a melhor opção?

Tem pra todos os bolsos: se você quiser investir em um produto que pode durar 1 ano ou mais, indicamos o Desodorante Stick Kristall Sensitive da Alva, formulado com cristal puro de alúmen de potássio. Ele é prático, não gera lixo como os desodorantes convencionais e, apesar de ser mais caro num primeiro momento, tem um excelente custo x benefício (custa em torno de R$80, equivale a R$6 por mês, aproximadamente).

Como alternativa acessível, existe a pedra-hume que é facilmente encontrada nas farmácias e lojas de produtos naturais, em diversos formatos (pedra, spray, gel) e preços que variam de R$3 a R$20.

Como usar desodorante de cristal?

O uso é simples: basta molhar o cristal/pedra e passar na pele. Algumas pessoas preferem repetir o processo duas ou mais vezes. É preciso ter cuidado para não derrubar, visto que a pedra pode lascar ou quebrar e, dessa forma, machucar a pele. O desodorante pode ser usado a qualquer horário do dia ou da noite.

Pode usar após a depilação? Sim! Ele clareia a pele das axilas? Não. Acontece que por ser livre de substâncias irritantes, acaba evitando o escurecimento da pele na região.

fevereiro 1, 2021

Deixe seu comentário

vem com

a Lominha:

leia o

blog

entre pra

comunidade

compartilho meu lifestyle com (cons)ciência na internet mais perto de você. ;)

receba meus

emails