Como criar um perfil incrível no Instagram

Loma Sernaiotto

skincare
follow me

Curiosa. Filha de Iemanjá. Publicitária, tatuadora cosmética. Blogueira há 15+ anos. E muito feliz em ter você aqui.

Receitas
Blogosfera
Wellness
Viagens
leia também:

loma sernaiotto

O Instagram cresceu pra caramba, né?

Ele tem 300 milhões de usuários ativos mensalmente que compartilham uma média de 70 milhões de foto por dia segundo essa pesquisa do Hootsuite. Eu aposto que já passou pela sua cabeça como é possível se diferenciar no meio de tanta gente, certo? Para criar um perfil incrível no Instagram só tem um segredo: autenticidade.

Eu sei, parece papo de vendedor de infoproduto (já viu o meu planner de conteúdo?), mas continua lendo que trago dicas pra construir um perfil autêntico, pronto para ser seguido.

Falando em seguir, tô lá no instagram @sernaiotto.

Como criar uma bio incrível?

O espaço para bios é tão pequeno! A gente precisa reunir de forma beeeem resumida uma quantidade enorme de informações que façam com que seus possíveis seguidores possam se identificar com você. Muita gente cola uma palavra na outra, usa pontinhos, barras ou emojis para separar as informações. Tatu do bem!

O importante é você deixar bem claro quem é você e o que você faz.

Informações de Contato

Parece redundante dizer isso, mas é importante deixar claro qual é seu nome ou o nome da sua marca. Enfim, a forma como gosta de ser chamade. Conheço criadores que não publicam essa informação em nenhum lugar do perfil e recebem emails genéricos de marcas ou com seus nomes escritos de forma errada. Ninguém é obrigade a adivinhar seu nome, lindeza.

Uma informação de contato seria interessante, como um e-mail. Também é legal definir sua localização, mas não precisa especificar demais caso queira privacidade. Com isso, você pode encontrar pessoas que moram na mesma região e dividem dos mesmos gostos.

No caso da @tesstattoo, você encontra tudo: nome, o que ela faz, localização, portfolio e um link com seus cursos, agenda e contato.

O que eu acho ainda mais incrível no Instagram da Tess é que ela usa o seu nome + profissão (que é sua palavra-chave) no usuário: tess + tattoo. Isso acaba tornando ainda mais fácil de encontrar seu perfil quando as pessoas pesquisam por tatuagem. Além disso, ela tem certas keywords no perfil como a sua localização (Vancouver) e o termo PMU (permanent makeup).

Quando eu comecei a seguir a Tess ela tinha menos de 30k seguidores e em pouquíssimo tempo chegou em mais de 70k. Ela sabe usar o Instagram muito bem para promover sua marca.

O que você faz

Nem todo mundo sabe exatamente o que faz (eu, por exemplo) ou então usa o Instagram de forma bem pessoal. Se esse for o seu caso, esse artigo talvez nem seja tão importante pra você. No entanto, se você usa o app como forma de divulgar seu trabalho, precisa coloca o seu título (ou vários) no perfil.

Creator, empreendedor, designer, piloto, ex-BBB, adestrador de cães, não importa. Deixe claro que você faz o que você faz e, acima de tudo, mostre que você ama. Se sua profissão tiver relação com o tema do seu conteúdo, melhor ainda.

A @chrisellelim ilustra muito bem esse conceito: é uma garota fashion, mãe, criadora, empreendedora. Além disso, cita as arrobas dos seus projetos profissionais: sua marca de fragrâncias e sua empresa de coworking. Ainda tá faltando título no perfil dela, que também é blogueira (uma das minhas favoritas e que acompanho há mais de década).

CTA (call to action)

Um dos maiores problemas do Instagram (ou bençãos, depende do ponto de vista) é a impossibilidade de inserir links clicáveis nas legendas das fotos. É preciso criatividade para burlar esse problema! Dessa forma, você pode inserir na sua bio (no campo website) um link para seu conteúdo mais recente, um produto com desconto na sua loja, uma página específica do seu site ou um agregador de links.

Hoje em dia ninguém mais insere um link genérico pra uma homepage. Conquistar um click dentro do Instagram é barra, já que a pessoa precisa ir até o seu perfil pra clicar na bio e caso você insira links direto no stories, a ferramenta não entrega muito bem. Por isso, você precisa definir qual a ação que você deseja que o usuário faça para então usar esse link na sua bio. Comprar um produto? Entrar em contato? Ouvir um podcast?

Você pode inserir um link completo ou usar um encurtador, como Bit.ly e Goo.gle. Caso você prefira apontar suas fotos do feed para determinados conteúdos (como vídeos ou posts), pode usar uma ferramenta como o Linkit do Planoly ou Link in Bio do Later.

A @marinairis cria vídeos curtos com efeitos muito legais e decidiu criar cursos para ensinar suas técnicas para criadores. Além de deixar bem claro o que faz, ela insere um CTA muito convidativo na bio chamando os usuários para a compra do curso (em letras grandes e com setinha).

Seu usuário em outras redes

Tá permitido guiar o seu seguidor para outras redes também, principalmente se o Instagram não for sua ferramenta principal de conteúdo. Você alimenta seu TikTok ou Youtube com frequência e tem uma comunidade boa de seguidores por lá? Então coloque o seu usuário na sua bio! Mostre para as pessoas onde elas podem te encontrar além do instagram.

A @funbabe faz streaming de games no Youtube e Facebook e você pode ver que a comunidade dela no Youtube é enorme, além do fato de que ela é embaixadora do Facebook Gaming.

A @louthechichi é a chihuahua mais charmosa da internet e tem uma comunidade de 1.5 milhões de seguidores no seu TikTok (cuja arroba ela mencionou).

Hashtags e projetos especiais

Você criou alguma hashtag que fez sucesso? Participa de algum desafio fotográfico? Seu projeto ou marca tem uma tag especial? Essa é a hora de exibir seu projeto na sua bio, inserindo a sua hashtag. Mas não esqueça que o espaço é bem curto para explicações, ok?

A @brunavieira escreveu o livro nostálgico “De Volta aos 15” que deu origem a série recente lançada pela Netflix. A hashtag #DV15 é usada pelos usuários que entram em contato com a história, seja pelo livro ou pela série.

A tatuadora @pamsernaiotto idealizou uma técnica de tatuagem com transparência que sempre foi muito pedida pelos clientes, sendo que a maioria nem sabia o nome e enviava imagens de tatuagens da artista como referência nos orçamentos.

Depois de inserir na bio, ela notou que os clientes citam o nome da técnica especificamente na hora de orçar e agendar a tatuagem. Acabou se tornando um processo de educação do cliente sobre um serviço exclusivo que a artista presta.

Emojis

Pode abusar, sim. Tem gente que não acha profissional, mas eu acho que os emojis dão um toque bem pessoal ao seu Instagram. Eles transmitem a ideia de que não é uma máquina por trás da tela e sim uma pessoa. Emojis são ferramentas incríveis de expressão de emoções no conteúdo. Eu acho que ficam apenas atrás dos gifs no meu ranking pessoal de melhores formas de expressar sentimentos.

A @teawithmel cria um conteúdo muito amorzinho na internet, sobre livros e slow living. Pela foto você já consegue ver que ela segue um padrão visual bem outono, com cores quentes e sóbrias, passando uma sensação de aconchego. Ela também capricha nos emojis pra transmitir pessoalidade.

Agora, como conseguir seguidores?

Ah meu amor, essa é a parte mais difícil. Não existe uma receita para o sucesso, um pózinho mágico que vai te render 1M seguidores da noite pro dia. Você consegue seguidores postando conteúdo útil com consistência, interagindo com a sua comunidade e colaborando com criadores do seu nicho, mais ou menos da mesma forma que você conquista seguidores em qualquer rede social ou no seu blog.

Crie conteúdo útil

Acho que nem preciso mencionar esse item, né? Utilidade é algo bem relativo, mas tome cuidado para que seu conteúdo seja claro, tenha um objetivo, seja consistente com seu nicho ou marca e não ofenda ninguém. Seu conteúdo deve ser original e expressar a sua visão sobre as coisas. Existe muita gente no Instagram falando sobre um mesmo tema, então use a sua própria narrativa para se diferenciar. Quando criar, pense em algo que somente você pode adicionar sobre o tema.

Capriche no visual das fotos para reter atenção do usuário no feed e crie legendas que tenham a ver com seu conteúdo. Não esqueça de convidar o usuário para interagir, comentar, votar ou compartilhar algo. Dessa forma, você não deixa seu conteúdo passar batido.

Publique consistentemente

Consistência não quer dizer abundância, ok? Publicar conteúdo com consistência significa manter um ritmo que eduque seu seguidor. Tem stories todo dia? Tem foto no feed uma vez por semana? Tem reels todo domingo? Crie um planejamento de conteúdo que faça sentido para você e seu público e siga firme com sua agenda.

Opte pela qualidade de conteúdo e não pela quantidade.

Eu já recomendei alguns apps agendar e organizar o feed. Assim, você pode separar suas melhores fotos e agendar com antecedência, para o caso de ficar sem criatividade. A ferramenta que eu tô usando para organizar e agendar meu instagram é o Planoly. Eu também uso o CoSchedule de vez em quando, que é vinculado ao meu WordPress.

Faça amizades (sério!)

Minha parte favorita da internet sempre foi fazer amizades enquanto crio conteúdo. Foi-se o tempo em que o “sigo de volta” dava certo, hoje você consegue criar comunidade com afinidade. Por isso, invista tempo na plataforma procurando por conteúdo do seu interesse e interagindo com honestidade. Nada de emoji de coração, eu tô falando sobre comentar com sua opinião, responder DMs com cuidado e carinho.

É importante mostrar para as pessoas que você apoia seus projetos.

Então comente, apoie e engaje sem esperar nada em troca. Não sabe como começar? Agora mesmo, vai na foto de uma pessoa que você admira e comenta falando sobre como ela te inspira. Isso muda tudo!

Colaboração e parcerias

Sabe quando você compra um produto por indicação de amigues? Isso acontece porque você confia na opinião daquela pessoa e, além da atenção, a confiança é uma das moedas mais caras da internet atual.

A indicação é uma ferramenta social muito importante para ambas as partes envolvidas: a pessoa que indica agrega a pessoa indicada à sua imagem, como se assinasse em baixo; a pessoa indicada recebe atenção e confiança do círculo social de quem indica. É uma troca e precisa ser vantajosa para ambas as partes. Por isso, tenha cautela e estratégia na hora de escolher suas parcerias.

Uma parceria pode ser uma live conjunta sobre um tópico que seja importante para ambas as partes (e suas comunidades), por exemplo.

Além disso, não subestime o poder das tags. Quando a gente marca pessoas, nosso círculo de amizade e de contatos se expande. Não sei contar nos dedos quantos criadores eu passei a admirar por indicação de gente que confio.

Promova seu instagram

Você precisa que as pessoas te encontrem, certo? É obrigatório ter um link para seu Instagram no seu blog ou website, pelo menos. Não esqueça de promover nas outras redes onde é ativo, como Facebook ou Twitter. No Pinterest fica até mais divertido: pine as fotos do seu insta que você gosta mais!

Outra dica: insira sua arroba + link na sua assinatura de emails.

Eu uso uma ferramenta incrível para programar meus posts nas redes sociais e sempre deixo agendado alguns posts sobre meu Instagram em minhas redes sociais.

Como criar legendas incríveis

Não tem fórmula do sucesso mas você pode ser criativo, divertido e bem original nas suas legendas. Autenticidade é o segredo quando a gente fala sobre escrever na internet.

Desenvolva a sua voz

Com “voz” eu quero dizer um tom que seja só seu. Descubra uma forma de expressar o jeito que você fala na internet, mas não esqueça de relacionar a sua voz no Instagram com a sua voz em outros canais. Assim, todo mundo vai reconhecer que é você logo de cara. Usa senso de humor com frequência? Possui algum gatilho de comando? Tem algum termo que todo mundo associa à você? Agora é a hora de usar tudo isso!

O artista @adamjk tem uma voz tão única que transformou suas frases e grafias em produtos criativos. Nesta legenda ele desabafa de forma vulnerável e sincerona sobre um de seus produtos (uma camiseta). Essa é a marca registrada de Adam J. Kurtz, uma abordagem de “eu não sei muito bem o que estou fazendo mas estou tentando” que conquistou fãs pelo mundo todo (incluindo minha musa Alanis). Eu mesma compro a agenda dele todo ano.

Aposte nas hashtags

Mas use com moderação! A ideia da hashtag é inserir o seu conteúdo dentro de um determinado filtro. Dessa forma, pessoas do mesmo nicho encontram seu conteúdo com facilidade e vice versa. Porém, usar muitas hashtags generaliza seu post, o que faz com que perca o propósito de usar hashtags. O que eu tô tentando dizer aqui é: quando o assunto é hashtag, menos é mais.

Use apenas as mais relevantes para seu conteúdo e seu público.

Emojis

Lá vem o emoji de novo e eu absolutamente AMO usar nas legendas. Fica super dinâmico, divertido e perde aquele ar entediante do texto no fundo branco, sabe? Sem contar que certas emoções só podem ser expressadas com um emoji, por mais cringe que isso possa parecer para as novas gerações.

Como padronizar sua marca

Eu sei que esse post tá enorme, mas já tá acabando! Pra finalizar, vou dar algumas dicas de como definir um padrão para a sua marca. Eu indiquei alguns apps que me ajudam MUITO organizar o meu instagram!

Escolha sua paleta de cores e seja consistente!

É impossível postar apenas fotos de uma determinada cor, mas essa paleta te ajuda a definir as cores principais que você pode inserir em cada foto, nos filtros das suas imagens ou nos gráficos. Você pode optar por imagens quentes, frias, uma estética mais clean, fotos em preto e branco. Use a cor que tem tudo a ver com sua marca ou mensagem.

Manter essa paleta definida faz com que as pessoas reconheçam suas fotos só de bater o olho, sério. Alguns exemplos que eu amo são:

A cor da marca da @galadarling é rosa e você consegue ver, de forma bem nítida, o quanto ela usa no perfil, avatar, highlights, conteúdo e até no cabelo! Suas fotos possuem rosa (na roupa, no acessório, no cabelo ou em algum detalhe) e seus gráficos possuem sempre algo do mesmo tom.

A @paulabzo fala sobre vida no Canadá e usa muito vermelho na sua comunicação. Nas roupas, nos gráficos, nos vídeos (do Youtube e do Instagram), sempre tem vermelho em algum lugar. Ela inclusive preparou designs lindos (bom, ela é designer) para usar como fundo nos stories de perguntas e respostas, por exemplo. Tudo bem ON BRAND!

O @yutakis tem uma estética muito única e da qual sou fã há mais de década. Ele lançava editoriais de moda que ele mesmo fotografava e produzia no seu antigo blog há anos e hoje traz esse conteúdo lindíssimo pro Instagram. Sua marca não tem uma cor, mas ele segue um padrão minimalista e muito sóbrio nas suas imagens.

Qual o seu instagram?

Deixa aqui pra mim a sua arroba nos comentários que eu quero conhecer seu instagram. O conteúdo ficou longo, mas resume todos os conselhos que eu sempre compartilho quando alguém me pergunta sobre Instagram. Você me encontra no @sernaiotto, já me segue?

PS: esse post contém alguns links de afiliado, o que quer dizer que eu ganho uma pequena comissão caso você opte por consumir os produtos / serviços recomendados sem custo extra para você.

Gostou desse conteúdo? Então compartilha com mais gente

Obrigada por estar aqui. 😉

janeiro 25, 2016

comente aqui!

  1. Deilane disse:

    @dedeh_castillo_oficial

  2. Débora disse:

    @mundo_daluna33

  3. Celmira disse:

    Amei toda a informação .Sou influenciadora digital de Angola : @celmira_de_Almeida

  4. Natalia rodrigues disse:

    @nataliamarotinhaoficial

  5. Hilda Rodrigues disse:

    @hildadasorte

  6. disse:

    🤩Que bacana compartilhar tantas dicas‼️ Gracias💁🏻‍♀️

  7. Leandra disse:

    @leandralima.assistentevirtual

  8. Patrícia M disse:

    Amei suas dicas e já são muito úteis pra mim! Meu insta @impatymSinta-se livre para opinar 😘

  9. Lysandra Loise disse:

    @lyloise

  10. Fabiane disse:

    Ameeeeeeeeeeeeeiiiiii migles!Meu insta: @fabiane.n.r

  11. Cleidineia de Jesus Silva Pereira disse:

    @cleidinneia eu amei.

  12. Yasmin Ferreira disse:

    @yasfmartins

  13. Stefânia disse:

    @pereira.stefania@rosa.de.saron.modas

  14. Talita souza disse:

    @talita4066

  15. Bruna Carolina disse:

    Amei o post, me deu uma baita luz de como engajar! Obrigada pelas dicas <3Meu insta: @brunacpensky

  16. Ticiane Baptista disse:

    @tici_model

  17. Debora disse:

    Adorei suas dicas, simples e bem esclarecidas❤️😊@deboracisquini

  18. Amanda Alves disse:

    @mandiii_s2

  19. Márcio disse:

    Olá!! Sou fotógrafo lifestyle and food.@marcioaoliveira

  20. Ysabella disse:

    Amei as dicasSuper ajudou para ter novas ideias para o meu @fotografandooporaiObrigada <3

1 34 35 36

Deixe seu comentário

vem com

a Lominha:

leia o

blog

conheça a

urglow

compartilho meu lifestyle com (cons)ciência na internet mais perto de você ;)

receba meus

emails