Crie um elevator pitch ⇢ ORGblog #01

Loma Sernaiotto

skincare
follow me

Curiosa. Filha de Iemanjá. Publicitária, tatuadora cosmética. Blogueira há 15+ anos. E muito feliz em ter você aqui.

Receitas
Blogosfera
Wellness
Viagens
leia também:

loma sernaiotto

Elevator pitch é um termo de empreendedorismo para abordagem de vendas de 1 minuto.

Imagine que você está em um elevador e precisa vender sua ideia ou projeto em 1 minuto para uma pessoa importante e ocupada, o que você falaria? O elevator pitch é o discurso que vai vender a sua ideia de forma rápida e direta, como um resumo ou até mesmo um slogan. São as 100 – 150 palavras que definem o que você faz e dão abertura para curiosidade e interesse.

Hoje eu vou te ajudar a criar o elevator pitch do seu blog ou projeto de conteúdo.

Sobre o ORGblog

Esse é o primeiro conteúdo da minha série ORGblog, originalmente publicada em 2013 porém ainda atual e cheia de conhecimento gratuito.

O ORGblog é uma série de conteúdo que tem como principal intuito auxiliar na organização estrutural do seu blog, com dicas de manutenção, análise e criação de conteúdo. Mas nada de regras e mimimi, é uma brincadeira divertida que pode virar um exercício para o seu blog. Os posts vão ao ar semanalmente em formato de tarefas e você encontra os exercícios aqui.

Meu blog precisa de um elevator pitch?

Eu não diria que é necessário, afinal, ninguém melhor do que você para definir do que seu blog precisa ou não. Mas como publicitária e comunicadora, eu fortemente recomendo que você crie um elevator pitch assim que possível, principalmente se decidir usar seu blog ou projeto de conteúdo como portfólio. Vou até enumerar os motivos e depois você me conta se eu te convenci:

  • definir sobre o que você fala te ajuda a definir sobre o que você publica;
  • definir sobre o que você fala ajuda quem te visita a entender o que você publica;
  • resposta na ponta da língua para a famigerada pergunta: o que você faz? 

Filtrar conteúdo e público são duas das várias vantagens de um elevator pitch. Vocês querem um exemplo de uma abordagem simples e eficiente?

Lifestyle e beleza com (cons)ciência

Esse é o meu propósito com o sernaiotto.com em uma frase, é o que você encontra quando me visita neste espaço. Como chegar nisso?

Criando seu elevator pitch em 3 passos

Antes de botar a mão na massa, considere essas 4 dicas úteis para criar o seu texto:

  • Clareza: não dê abertura a desentendimentos;
  • Seja breve: texto muito longo cansa e a intenção é resumir;
  • Destaque-se: não promova aquilo que todo mundo já promove;
  • Seja intrigante: deixe o leitor ansioso para visitar o seu blog;

Preparado pro trabalho? Então pega um papel (ou abre um notepad), leia os exemplos e comece o exercício:

Passo 1: Keywords

Escreva entre 3 a 5 palavras que são relacionadas ao seu blog (ou projeto) e seu público.

Você pode escrever quantas palavras fizer sentido pra você, mas o importante é filtrar para poucas que resumem bem o sentimento geral. Para facilitar, responda:

  • o que vem a sua cabeça quando você pensa no seu blog?
  • o que vem a sua cabeça quando você pensa nos leitores?

Anote todas as palavras, esse processo é fundamental pois pode abrir suas ideias sobre o que você faz.

Pensando na minha marca pessoal e no conteúdo que eu ofereço aqui, eu anotei: consciência, sustentabilidade, curiosidade, estilo de vida, cotidiano, Coreia, kbeauty, skincare, beleza, pessoalidade, informação, orientação, compartilhamento, honestidade, vida real, slow blogging.

Eu busco sempre trazer para meu conteúdo as minhas experiências pessoais, principalmente em conteúdos com foco educativo como esse que você está lendo. Afinal, apesar de ser comunicadora por formação, tudo que eu aprendi sobre internet e criação de conteúdo foi botando a mão na massa.

Na minha época de universidade, o Twitter tinha acabado de ser lançado, Orkut era uma realidade e ninguém falava sobre criar conteúdo na internet como ferramenta de trabalho e marketing.

Como forma de quebrar esse elitismo e a falta de acesso a informação sobre conteúdo, eu decidi compartilhar tudo que aprendia sobre internet neste espaço conforme ia fazendo. Eu tô falando de 2009, 2010, em uma época onde quase não existia conteúdo meta em português, viu?

Por isso meu conteúdo sempre muda, pois ele acompanha meu cotidiano e muda junto comigo. Mas continua o mesmo em essência: compartilhar minha jornada de forma real e honesta.

Passo 2: Pesquisa

Peça a 3 amigos que descrevam seu blog ou projeto em 1 frase.

Eu sei, pode parecer que você está passando o trabalho para outras pessoas, mas é quase isso mesmo.

É importante você saber o que o seu blog significa para aqueles que o acompanham, porque às vezes, você acha que fala sobre skincare, mas acaba falando tanto sobre marketing digital e criação de conteúdo que a percepção das pessoas que te cercam pode ser totalmente diferente.

Aconteceu comigo ao longo dos anos. Percebi que as pessoas buscam meu conteúdo para aprender sobre blogs. Mas elas também buscam meu conteúdo pra aprender sobre kbeauty. Também descobri que muitas só gostam da forma como escrevo ou mostro meu dia a dia.

Nas minhas keywords, eu havia anotado cotidiano e beleza. Ponto pra mim!

Passo 3: Resumo

Compare as percepções e chegue a um denominador comum.

Eu sempre tive ciência de que meu blog é bem pessoal, mas eu tive dificuldades em identificar um nicho ao longo dos anos, uma vez que falei sobre tudo por aqui. Através do passo acima, eu descobri que as pessoas percebem um fator comum em tudo que eu faço: eu oriento pessoas com informação útil.

O que eu fiz com essa informação?

Foquei no meu propósito em orientar, com base nas minhas experiências e curiosidade. Como já falei acima, eu sempre aprendi tudo sozinha e gostei de compartilhar o caminho. Com tudo isso em mente, eu selecionei algumas palavras chave mais importantes pra mim:

consciência – cotidiano – lifestyle – beleza – pessoalidade – informação

Dessa forma, consegui resumir de forma breve, clara e um tiquinho intrigante o que eu crio e para quem eu crio.

Ao dizer que eu falo sobre “lifestyle e beleza com (cons)ciência” estou deixando claro que:

  • meu conteúdo é pessoal e cotidiano (lifestyle);
  • eu também falo sobre beleza (skincare, kbeauty e as coisas que amo);
  • sou a favor de informação útil e ciência;
  • busco uma vida mais consciente e sustentável;
  • exercito criar de forma presente e consciente.

Fez sentido pra você?

Espero que tenha gostado desse primeiro passo do ORGblog, me conta nos comentários?

Não esqueça de compartilhar esse recurso com as pessoas (cons)cientes que você conhece. Uma blogosfera unida é uma blogosfera mais rica, sabe?

Agora a pergunta que não cala jamais: sobre o que é seu blog? Compartilha com a gente o seu elevator pitch nos comentários, pois eu leio todos!

novembro 25, 2013

comente aqui!

  1. Erica santos disse:

    Eu as vezes me vejo tão perdida, o seu post vai me ajudar muito, beijos querida, se poder me visite ficarei feliz.

  2. Ilma Costa disse:

    Oi gostei das dicas,vou estudar mas sobre o assunto e suas dicas.Obrigada por compartilhar.

1 4 5 6

Deixe seu comentário

vem com

a Lominha:

leia o

blog

conheça a

urglow

compartilho meu lifestyle com (cons)ciência na internet mais perto de você ;)

receba meus

emails