Como tirei meu visto americano

Loma Sernaiotto

skincare
follow me

Curiosa. Filha de Iemanjá. Publicitária, tatuadora cosmética. Blogueira há 15+ anos. E muito feliz em ter você aqui.

Receitas
Blogosfera
Wellness
Viagens
leia também:

loma sernaiotto

Tá com viagem planejada pros EUA e nem faz ideia de como tirar o seu visto americano? Calma. Tô aqui pra contar como eu tirei o meu. Inclusive, já falei sobre como tirei meu passaporte e recomendo a leitura.Bom, no meu caso, eu contratei o serviço de uma agência / despachante para cuidar do processo por mim pois eu estava perdida e morrendo de medo. Minha opinião? Não vale a pena! A não ser que você esteja total sem tempo ou seja absolutamente leigo com internet {o que te causaria problemas ao tirar o passaporte também}.


sernaiotto-visto-americano-como-tirar.jpeg

Documentos necessários

Os passos iniciais são todos online e a parte mais difícil mesmo é juntar todos os documentos que eles pedem, que você vai encontrar listadinhos logo abaixo. De nada.

  1.  Passaporte válido {original}

  2.  Passaporte anterior, mesmo vencido {original}

  3.  Documentos que comprovem vínculo com o Brasil e renda para sustentar a viagem, são eles:

  • Declaração de imposto de renda com o recibo de entrega (cópia)

  • Extrato bancário de conta corrente, poupança, aplicações (original)

  • Carteira de trabalho (original)

  • 03 últimos holerites (originais)

  • Documento de veículo ou escritura de móveis, caso possua em seu nome (cópias)

  • Comprovante de matrícula em escola, universidade (original, com carimbo e assinatura)

  • Carta de suporte financeiro caso alguém vá financiar a sua viagem

Usei a documentação do meu pai em todos os casos, pois sou estudante e precisava comprovar renda, mesmo que ele não esteja pagando a viagem. Levei cópias e originais dele, assim como os meus documentos também. Meu pai fez uma carta de suporte financeiro a mão baseada nesse modelo e eu reconheci firma em cartório.Vale lembrar que essas informações eu utilizei para retirar o meu visto americano de turista B2, que me permite até 90 dias nos Estados Unidos por viagem.

Os próximos passos

Depois de reunir os documentos, eu preenchi o formulário DS-160 – que é bem longo, chatinho e todo em inglês. Esse formulário pede informações básicas como endereço, motivo da viagem, quem vai sustentar a sua viagem, últimos empregos, onde você estudou e algumas perguntas de segurança, como se você já se envolveu com terrorismo {oi?}, drogas ou qualquer coisa do tipo. Eu respondi um rascunho dele em português e a agência preencheu o original corretamente em inglês.Ao preencher esse formulário, eu escolhi o posto consular onde quis fazer a entrevista {Brazil-Brasilia, Brazil-Recife, Brazil-Rio de Janeiro ou Brazil-São Paulo} e em seguida paguei a taxa de solicitação MRV que custa $160 {r$336, via boleto do Citibank}.Imprimi a confirmação do DS-160: com essa confirmação + o número do recibo do pagamento da taxa MRV + número do seu passaporte eu agendei minha visita ao CASV para foto e impressão digital e agendei a minha entrevista no Consulado Americano.

Sobre o CASV

Eu fui ao CASV em um domingo. Não é permitido entrar com celular e bolsa, mas do lado dos CASV’s sempre tem um guarda-volumes – que você paga entre 10 e 15 reais. Deixei minhas coisas lá e acabei entrando na frente de todo mundo: a fila enorme do lado de fora era do pessoal agendado após às 17h. Cheguei às 16:15 por lá e estava agendada para às 16:45.Sem brincadeira, eu não gastei nem 10 minutos no CASV. A movimentação flui bem, com filas organizadas e triagem. Tente chegar com um pouco de antecedência mas não muito cedo, pois vai ter que ficar esperando.

CASV: o passaporte + confirmação do DS-160 + confirmação do agendamento.

Sobre a entrevista

Na segunda-feira seguinte fui ao consulado americano  em São Paulo. Minha entrevista estava agendada para 10:10 da manhã e eu cheguei às 9h. Esperei um pouco na fila enorme que faz ao lado de fora – após deixar bolsa e celular no guarda-volumes que tem em frente – e quando deu 9:45 eles já chamaram o pessoal das 10h10.Passei por uma triagem onde deixei meu passaporte e o DS-160 impresso. Aguardei em uma outra fila – separada por horários. Na hora de entrar precisei tirar meu casaco e tudo que eu tinha no bolso, a detecção de metais é bem parecida com a dos aeroportos.Depois caminhei até a sala onde ficam as cabines de entrevista, nela te chamam por nome – esperei menos de 10 minutos – entregam o seu passaporte e te direcionam à uma cabine onde ocorrerá a sua entrevista.

Consulado Americano: passaporte + confirmação do DS-160 + confirmação do agendamento + pasta com todos os documentos que comprovem vínculo e renda.

Vale lembrar que simpatia é sempre bem vinda e não precisa ficar inseguro nessas horas: diga sempre a verdade, eles te observam e captam qualquer coisa!Fui entrevistada por um senhor simpático que já quebrou aquele gelo: eu esperava uma pessoa séria, fria. Me perguntou sobre o que faço, se vou sozinha, quem está pagando, qual o motivo da ida para lá e qual lugar pretendo visitar. Vá bem preparado para comprovar seu vínculo por aqui, okay? No meu caso,o vínculo com a universidade pública té o ano de 2016 foi o suficiente. 🙂

Sobre a aprovação do visto

Meu visto foi aprovado e ele me informou isso na hora. Me entregou um papel com o endereço do site no qual posso rastrear meu passaporte {enviado por DHL}: nesse site você faz login com número do seu passaporte e data de nascimento e tem acesso ao rastreamento.Após a entrevista, meu passaporte com o visto chegou em uma semana em casa! Eu nunca imaginei que tudo fosse tão ágil – apesar de assustador e cheio de processos e informações. Espero ter ajudado!

Vale lembrar: esse post conta a minha experiência com o visto americano e cada caso é um caso totalmente diferente! Leia o site atentamente e retire suas dúvidas antes de dar início ao processo.

Não esqueça de acompanhar todas as minhas viagens!Imagem por Shutterstock

junho 2, 2013

comente aqui!

  1. Vivian disse:

    Legal sua explicação, agora vou seguir suas dicas e finalmente vou realizar meu sonho de viajar para os USA. Parece que essa entrevista é que bota terror, mas vou na fé e na coragem.

  2. Aline Miranda disse:

    Oie, meu nome é Aline, tem mais ou menos 2 meses que fui tentar tirar o Visto em Recife. Fui sozinha, na cara e coragem, paguei todas as taxas, toda documentação em mãos(mil documentos por sinal..). Cheguei para a primeira etapa, que foi no CASV, para colher as digitais, tudo certo, depois de duas horas fui para o Consulado, para a tão falada entrevista, foi aí que comecei a ficar nervosa. Infelizmente o meu visto foi negado :/ acho que o fato da idade, 23 anos, ir sozinha, pouco tempo de trabalho aqui influenciou um pouco. Fiquei super triste, mais Deus sabe de todas as coisas, mais não vou desistir de maneira alguma.. pq sou Brasileira e não desisto NUNCA. Então dica para aqueles que estão pensando em tirar o visto.. levem toda documentação possível e o mais importante de tudo: Comprovem renda, isso pra eles é fundamental.

  3. Tayana disse:

    Sempre tive essa insegurança em tirar o visto pq sou apenas estudante universitária e com 31 anos…mas depois do seu post fiquei animada em me programar o quanto antes.

    • Loma Sernaiotto disse:

      Fico feliz que te motivou! Eu acho que eles confiam que estudantes não abandonam a faculdade e por isso não encrencam com o visto. É uma suspeita. Mas cada caso é um caso, né? Pode ser que eu tenha tido sorte! hahahaBoa sorte para vc! Beijos ;*

  4. marcia disse:

    Oi o mais importante vc nao disse como foi a entrevista? Quanto tempo durou? Pediram para ver os documento? Se sim conferiram? Obrigada aguardo resposta Marcia RJ

    • Loma Sernaiotto disse:

      Marcia, quando a gente faz a entrevista, assina um termo de que nada do que acontece ali deve ser divulgado. Fazendo esse post eu já falei demais, mas de qualquer forma: a entrevista é tranquila. Como eu disse: basta ser sincera e bem clara quanto as suas intenções de ir aos EUA que tudo flui muito bem 🙂 No meu caso, comprovar o vínculo com a universidade foi mais do que suficiente. Beijos! 😉

  5. Melissa disse:

    Nossa ajudou em muito esse post!Estou enrolando tem alguns meses para tirar o visto (na verdade só renovar porque o meu venceu tem um tempinho…) mas, eu queria fazer 6 meses de empresa primeiro.Agora que finalmente fiz esses 6 meses, poderei dar entrada em toda a papelada e correr para o meu pai, porque não costumo deixar dinheiro parado no banco, então não sei como vai ser hahahahaSó vou de fato começar a juntar grana quando sair o visto, pois aí já terei objetivo em mente.No mínimo divina essa sua listinha aí dos documentos.E Boa Sorte na viagem!!!

  6. Vai ser tão divertido acompanhar sua preparação pra viagem *-*Que legal que te avisaram na hora que o visto foi aprovado pq um amigo meu teve que esperar um tempo e sempre rola um medinho de não aprovarem.

    • Loma Sernaiotto disse:

      eu achei que teria que aguardar, achei o máximo que saiu na hora! hahaha um alívio sem tamanho! <3 espero que os posts da viagem fique bons ^^ beijos

  7. Paula disse:

    To adorando as dicas Lominha!Vou passar seu blog pro meu primo, que ta pra entrar nessa burocracia toda tb.Tem tantos anos que vim, q nem lembro como era! kkkkMas tenho certeza que vai ajuda-lo mto ;]Beijos!

  8. Quando eu fui tirar meu visto acabei pegando o cara mais grosso e estupido do consulado e não consegui o visto por que ele disse que minha mãe (que era aposentada por invalidez) não tinha condições para pagar a viagem, maior decepção da minha vida )):Mas parabéns por conseguir, fico feliz por você <3

    • Loma Sernaiotto disse:

      Obrigada, Carolina! Vai muito da sorte de pegar uma pessoa que não tenha acordado de mal humor naquele dia. Faz muito tempo que tentou? Soube que há pouco tempo começaram a facilitar bastante o visto pra brasileiros 🙂 Boa sorte!

      • Faz um tempinho já, tentei no começo de 2011 porque tinha ganhado uma viagem pra disney de presente de aniversário. Mas como agora eu não tenho muito interesse de ir pra la, vou deixar pra tentar de novo quando surgir outra oportunidade :33

  9. Carol disse:

    vou pedir meu visto para estudante ainda esse ano e qualquer informação sobre o processo é sempre bem-vinda.obrigada pelo post <3

    • Loma Sernaiotto disse:

      Carol, boa sorte com o seu visto! Soube que o processo para estudante é um pouco mais simples! Fico feliz de ter ajudado um pouquinho… bjos!

  10. Fernanda N disse:

    oie loma!adorei o post… quero fazer o meu visto este ano ou no máximo no ano que vem e sempre é bom ler algumas dicas de como o processo funciona. atualmente não estou trabalhando e nem estudando, então vou esperar mais alguns meses para firmar isso primeiro e não correr o risco de ter o visto negado. meus pais e minha irmã já fizeram o visto e já até foram pros estados unidos e deu tudo certo… espero que para mim também dê! e aproveita bastante a sua viagem… eu queria morar em los angeles por uns tempos, mas tive que adiar o sonho por algum tempo! hehehe! quem sabe um dia! :)beijo, beijo!

    • Loma Sernaiotto disse:

      Fer, pressa pra que, né? Tudo tem seu tempo. Pra ser sincera, nunca fui muito fã de eua mas a vida prega umas peças e vira tudo de ponta cabeça. Tenho certeza que vou me surpreender e adorar, até porque estarei em ótima companhia hehehe <3 beijos!! e fico feliz que o post ajudou :)

  11. NathaliKitty disse:

    Praticamente uma quest <3mas uma quest que eu quero pra minha vida *-* uma não…várias 😀

  12. Rô-Chan disse:

    OBA! Obrigado pelo post Loma, me ajudou muito. Muita sorte para você e espero que se divirta muito nos EUA ♥ Torço por você!Kiss.

  13. Thais disse:

    Tirar por agencia é bom quando a gente fica perdido com o formulário, Na minha época era tudo junto – casv e visto.Agora num ;e mais DHL, os correios (FDP) voltaram a fazer a entrega, e pode ocorrer como quando fomos tirar, demorar 10 dias para a entrega – via sedex!

    • Loma Sernaiotto disse:

      eu realmente quis seguir o seu conselho de fazer por conta, mas o oppa insistiu que eu devia contratar agência :/ valeu pela experiência ^^ nossa então mudou assim que tirei, veio por dhl pra mim! ^^

  14. Cih disse:

    Ebaaaaaaaaaaaaaaaa! Loma em LA cada dia mais perto! ~.~Eu não tive problemas na época que tirei porque fui com minha mãe e meu irmão. Então a mocinha nem fez muitas perguntas. =]Kiss

    • Loma Sernaiotto disse:

      geralmente quando é viagem em família eles não questionam mesmo, né, Cih? obrigada por todo o apoio <3

  15. Mari Maneira disse:

    Fiquei toda empolgada lendo e contando aqui tipo “nossa vc sabia que pra isso…?” HUAHAUHUA kd mais posts Lominha, queremos mais! <3 (BTW, vc falou que ia com seu namorado pra Vegas, pra deixar eles desesperados achando que vc tava indo atrás de um greencard? HAUHAUHAUHAUHA)

    • Loma Sernaiotto disse:

      Mari, essa parte a gente não dá detalhes porque é a primeira coisa que eles pensam. Uma pena. Se soubessem o quão relutante eu estou de ir pra lá, nem cogitariam a possibilidade hahaha se eu pudesse, trazia ele de volta pra cá! ^^

      • Mari Maneira disse:

        as vezes a quantidade de burocracia até desanima né? e as coisas que a gente pensa que eles pensam e tudo mais ‘-‘ mas pooooxa, conhecer outro país, vai ser demaiiis. dê pulinhos <3 Mas na próxima vez, vai também pros parques da Universal e traz mil coisinhas do Harry Potter pra gente ta?*0* HSUAHUSAUSHAUS

        • Loma Sernaiotto disse:

          Mari, se tudo der certo, ano que vem eu vou tomar umas cervejas amanteigadas e te trago presente! por sinal, não esqueci que to te devendo uns donuts ^^ hahahaha

  16. Bah disse:

    Que legal, vc vai mudar de vez ou vai fazer intercâmbio? É uma burocracia danada, né?Kisu!

  17. Jess disse:

    ansiosa pra ler posts bem legais aqui sobre LA <3

  18. Por isso que as coisas acontecem pra você, meu!Ó como cê é legal, deixou tudo aí na mão pra quem quiser fazer também!Segura a ansiedade aí e aproveita bem quando for!

    • Loma Sernaiotto disse:

      Lipe, eu sou super fã de uma utilidade pública lol – e como euzinha sempre tenho dificuldade pra encontrar informações, compartilho o máximo que posso pra ajudar quem sofre do mesmo problema 🙂

  19. Adorei o post, Loma. Nossa tirou várias dúvidas que eu tenho sobre tirar o visto. Fico apreensiva em pensar por exemplo no vínculo.Mas valeu por entender todo o processo.

    • Loma Sernaiotto disse:

      Karin, fico super feliz que gostou! Olha, uma coisa é certeza: eles estão facilitando bastante o visto pros brasileiros ultimamente. No momento da minha entrevista não me requisitaram nenhum dos trocentos documentos que separei na pastinha. Claro que a sorte conta muito. Mas quem não arrisca não petisca, né? ^.~ beijos!

  20. Gesiane disse:

    Quero ler todos post desta “saga”… tb nunca tive problema para tirar visto para o Japão… vc tendo a documentação certinha pq vão te barrar, né? E nosso motivos são do kokoro tb então… hihihihihi ~Kiss

    • Loma Sernaiotto disse:

      E tem motivação melhor, Ge? <3 Ouvi dizer que o visto japonês também é super complicado, mas se um dia precisar eu grito pelo seu help! HAHAHA beijos!!!

Deixe seu comentário

vem com

a Lominha:

leia o

blog

conheça a

urglow

compartilho meu lifestyle com (cons)ciência na internet mais perto de você ;)

receba meus

emails