10 perspectivas diferentes para encarar a vida

By 12 de April de 2014 Text
Sernaiotto - 10 perspectivas diferentes para encarar a vida

Quem não adora um motivacional, né? Eu, de vez em quando, preciso mesmo – sou uma pessoa tão focada que esqueço de me dedicar a mim mesma ou de parar pra analisar o caminho que minha vida anda tomando. Isso faz com que eu desanime, com que eu perca o foco, com que eu atinja o fundo do poço da ansiedade.

Por isso, guardo no meu coração (e no Pinterest) uma sequência de motivacionais para me lembrar que: tudo é uma questão de perspectiva - tudo depende do ponto de vista do observador. Aqui estão 10 perspectivas diferentes que podem mudar a sua forma de encarar a vida, seus desafios e a si mesmo.

  • As pessoas não estão contra você, elas estão a favor delas mesmas;

Não confunda o egoísmo alheio com implicância ou ódio. Você pode achar que alguém não te suporta, mas na verdade está apenas concentrada demais nos seus próprios problemas para lhe dar atenção, suporte ou um gesto de carinho. Mas tome cuidado: deixar que isso te chateie e exigir atenção das pessoas faz de você um egoísta também. Entenda que tem gente que vive num bolha de estresse e deixe-as curtir essa fossa. Sorria e acene!

  • Escale montanhas não para que o mundo o veja, mas para que possa ver o mundo;

Ambição é humano, pode ficar tranquilo. Mas a gente se concentra tanto em subir na vida para provar – sabe-se lá o que – para o mundo que esquece de algumas coisinhas no caminho: aprender, por exemplo. Ter um plano de carreira, chegar ao alto e ser reconhecido pelo que faz é maravilhoso, não te julgo. Mas já tentou usar a sua ambição para aprender e tirar desse mundo – e das pessoas – o máximo de conhecimento e lições que puder? A diferença entre querer que o mundo o veja e querer ver o máximo do mundo reside em uma única qualidade, que se você não tem é melhor começar a trabalhar nisso: humildade. Acredite: a humildade é capaz de te levar mais longe do que sua ambição sempre sonhou. ;)

  • Você aprende mais com os erros do que com o sucesso;

Todo mundo erra e todo mundo teme o erro. Faz parte do ciclo da vida. Errar nos traz traumas, dor e arrependimento – e nada como o sofrimento para nos dar uma lição. Quantas vezes você já não cometeu um erro e, ao notar que caminhava na mesma direção, evitou cometer novamente? Errar faz parte da nossa evolução, temer o erro faz parte da nossa defesa – mas não permita que o medo iniba os riscos.

  • O risco mais perigoso de todos: o de passar a sua vida sem fazer o que quer apostando que poderá comprar a liberdade para fazer depois;

Não, você não vai comprar essa liberdade tão sonhada. Pode começar agora mesmo. Não estou dizendo para largar tudo e correr atrás dos seus sonhos – esse discurso poético e sonhador pode te causar prejuízos. Mas reflita sobre hobbies que gostaria de ter, viajens que gostaria de fazer, coisas que gostaria de comprar e comece a planejar já. Aos poucos, você vai botando em prática tudo o que deseja e equilibrando a sua vida: você merece fazer tudo o que você puder por si mesmo. Juntar dinheiro? Pode. Mas ser o louco da economia para comprar um futuro digno pode te deixar paranoico e, na pior das hipóteses, um defunto muito rico. Trabalhe para pagar aquilo que gosta – sem medo de ser feliz.

  • Vá para onde seja celebrado e não para onde seja tolerado;

Para que insistir em andar com pessoas que não fazem questão da sua presença? Para que frequentar um lugar que não gosta? Para que fazer parte de um grupo que não vai de acordo com seus ideias? Seja autêntico e usufrua do seu tempo com aqueles que te admiram, que apreciam sua companhia e conhecimento. Essas pessoas se interessam de verdade por tudo o que você tem a dizer e são elas quem te ajudarão quando você precisar – sem exigir nada em troca.

  • A pessoa com quem passará mais tempo em sua vida é si mesmo: portanto tente tornar-se o mais interessante possível;

Que tipo de pessoas você quer ao seu redor? Que tipo de pessoa você admira? Invista em você mesmo e torne-se aquilo que realmente quer ser. Faça cursos que deseja, conheça lugares que sonha visitar, encha-se da cultura que lhe dê prazer e seja confiante, sorridente e positivo: o mundo está cheio de merdas e ninguém quer problemas ao seu redor – a gente gosta é de gente realista, mas que inspira e ajuda. Sinta orgulho de si mesmo.

  • Se você aceita as suas limitações, você as ultrapassa;

Pra superar qualquer desafio é necessário reconhecer que ele existe, está diante de você e que é difícil de ultrapassar. Depois disso, bolar uma estratégia de sucesso fica muito mais simples – e acredite, a falha fica mais fácil de ser evita e superada. Não tenha medo das suas limitações: conheça-as, aceite-as e dê o seu melhor para superá-las.

  • As pessoas costumam dizer que a motivação não dura. Nem dura o banho, por isso que é recomendado diariamente;

De gente fedida e depressiva o mundo está cheio! Tudo bem, eu entendo que é MUITO difícil não deixar a peteca cair, mas é exatamente nesse momento que você deve se munir de tudo aquilo que te motiva para combater a frustração. É o que eu chamo de motivation shot, a injeção de motivação. Mas antes de tudo isso, olhe para si mesmo e responda: o que te inspira? O que te dá aquele gás para correr atrás dos seus projetos? No meu caso, tenho uma lista: um painel no Pinterest com citações tapa-na-cara, blogueiras amigas que criam um conteúdo inspirador, pessoas que realizaram sonhos que eu compartilho e minha mãe. Qual é a sua lista?

  • Cada pessoa que você conhece tem medo de algo, ama algo e já perdeu algo;

Ah, os julgamentos precipitados. A gente adora ver as pessoas na rua e julgar seu comportamento, baseando-se em suas roupas e suas atitudes – analisadas em um intervalo de 3 segundos. Você já parou pra pensar que cada pessoinha que passa por você tem uma história de vida? Junto dela vêm medos, amores, perdas e anseios? Parou pra pensar que a pessoa sentada ao seu lado, nesse momento, pode ter perdido um ente querido? Ou superou uma depressão? Ou está se sentindo bem ao seu lado pois tem medo de estar sozinha? Não julgue e, se puder, conheça! Dos estranhos que você julga pode nascer uma amizade fantástica, com histórias lindas de aprendizado e superação. Por isso, sempre receba bem: você nunca sabe pelo que essa pessoa pode ter passado na sua vida – ou no seu dia. O seu dia pode não ter sido fácil, mas ninguém é obrigado a aturar a sua infelicidade! Sorria ;)

  • Conforto é o inimigo do sucesso.

Se você tá bem aonde está, pra que mudar? Afinal, em time que está ganhando não se mexe. Mas, tá ganhando mesmo? Não poderia ganhar mais? Não poderia ir mais longe, aprender, conhecer? A sua vida começa de fato onde termina a sua zona de conforto e, mesmo que o conforto seja certeiro, ele vai te proporcionar as mesmas coisas todos os dias. Para mudar os resultados – e as experiências – você tem que mudar o jogo!

Não esqueça de compartilhar!

Um beijo e 감사합니다 {obrigada}!
Facebook | Bloglovin | Newsletter

You Might Also Like

(Português) 5 coisas para fazer em Praia Grande (SP)

By 9 de April de 2014 Group Blogging
Sernaiotto - 5 coisas para fazer em Praia Grande

Sorry, this entry is only available in Português.

You Might Also Like