o guia de marcas cruelty free de k-beauty

Loma Sernaiotto

skincare
follow me

Curiosa. Filha de Iemanjá. Publicitária, tatuadora cosmética. Blogueira há 15+ anos. E muito feliz em ter você aqui.

Receitas
Blogosfera
Wellness
Viagens
leia também:

loma sernaiotto


sernaiotto-marcas-kbeauty-cruelty-free.jpg

Linda e consciente, né?

Acesse a versão atualizada de marcas cruelty free de k-beauty em 2020.

Em 2018 a Coreia baniu o teste em animais para a produção de cosméticos no país, o que ainda não quer dizer que as suas marcas favoritas de kbeauty sejam totalmente cruelty free. Vou explicar: a China – grande consumidora de produtos de beleza coreanos – ainda exige teste em animais por lei para comercializar produtos de beleza em prateleiras. Isso quer dizer que para que a Etude House possa vender na China, por exemplo, ela precisa testar em animais. Bye bye, water tint!

O que torna tudo mais complicado é que o acesso a produtos coreanos pela internet é limitado e muitas vezes o produto que você compra pode ser fornecido por distribuidoras chinesas e, portanto, testado em animais. Já comprou k-beauty pelo Ebay? A chance de ter sido enviado da China é enorme! Isso levanta uma questão muito importante entre os consumidores de beleza: você boicota produtos ou empresas que testam em animais?

Cruelty Free, pero no mucho

Pensando nisso, reunimos uma lista com todas as marcas de k-beauty que não testam em animais, mas destacamos aquelas que comercializam seus produtos na China para que você possa fazer sua pesquisa e decisão de compra. Dessa forma, se optar por não consumir marcas que testam em animais, já sabe quais remover da sua lista pessoal. 🙂

Um adendo importante: algumas marcas que são cruelty free conseguem “burlar” o requerimento de teste em animais usando ingredientes que constam na whitelist chinesa. Ou seja: esses produtos não precisam passar pelo teste em animais para serem comercializados por lá! Por isso que é importante sempre pesquisar.

Cruelty free ≠ vegano

Isso não quer dizer que essas marcas são necessariamente veganas, já que elas ainda podem oferecer produtos que contenham ingredientes não-veganos em suas formulações, como própolis, cera de abelha ou mucina de caracol – sabe aquela renca de produto com snail que fez sucesso na Coreia do Sul em 2015? Então.

Para muitos desses ingredientes, os animais não são maltratados no processo – no caso do caracol, ficam em ambientes propícios para produzir essa secreção e sua coleta é feita após a remoção dos bichinhos. Mas, como ainda são subprodutos de origem animal, os cuidados com a pele com esses ingredientes podem ser considerados cruelty free, mas não veganos.

Ou seja, pode haver uma garantia de que nenhum teste em animais esteja envolvido no processo, sabe?

Leaping Bunny

Falando em garantia, o Leaping Bunny oferece um padrão para um produto ser livre de testes em animais, como um certificado. Muitas empresas não estão na lista por várias razões, incluindo não acreditar que o padrão é necessário para provar seu compromisso com a experimentação em animais.

Na Coreia do Sul, o movimento cruelty free ainda é uma novidade e as empresas estão aprendendo no processo. Isso quer dizer que tem muita marca de kbeauty que é sim cruelty free, mas que não tem o selo Leaping Bunny (ainda).

K-beauty cruelty free (não exporta pra China)


K-beauty cruelty free (exporta pra China)


Algumas marcas dessa lista são muito conhecidas por usarem formulações orgânicas e por possuirem muitos produtos veganos, sendo excessão o uso de mel ou mucina do caracol. Essas marcas são WHAMISA, Neogen, Klairs e CosRX – não são 100% veganas, mas possuem muitos produtos sem ingredientes de origem animal no portfólio, caso você esteja em busca de novidades!

Fontes de pesquisa: KARA – Korean Animal Rights Advocates; Soko Glam;

Importante: eu forneço essas informações para fins de conhecimento. Eu juntei esta lista de várias fontes e não posso garantir com precisão que todas as marcas listadas sejam cruelty free. Portanto, faça a sua própria pesquisa sobre suas marcas favoritas, contate seus representantes, faça perguntas e sempre verifique ingredientes (para os veganos).

Se souber de alguma marca cruelty free de k-beauty que eu não inseri nesse artigo, deixe aqui nos comentários! Juntos nós podemos construir uma internet repleta de boas informações!

Acesse a versão atualizada de marcas cruelty free de k-beauty em 2020.

Fotografia por Maria Rom via Shutterstock



novembro 14, 2018

comente aqui!

  1. Maira Larissa do Nascimento disse:

    Haaaaa tô amando seu blog!!! Eu sei que já tem conceitos de pessoas explicando o uso de determinadas substâncias em cosméticos como parabenos e etc… mas por motivos de saúde eu não posso usar muitos deles e gostaria de saber se existem marcas coreanos naturais ou quase naturais!

  2. Bruno disse:

    Oi. Sempre achei que a Elizavecca era Coreana. Uma vez mandei mensagem perguntando se o witch piggy era vegano e eles só me responderam que alguns produtos não eram veganos, mas não falaram quais. Vc teria mais informações sobre?Obrigado

    • Camila disse:

      Oi Bruno, eu ia fazer justamente a mesma pergunta. Não consigo encontrar essa info em lugar nenhum. Outra marca que tb gostaria de saber é sobre a TIAM my singature.

    • Loma disse:

      A marca é coreana sim, Bruno – apesar de o dono ser chines, até onde sei. Esse post não contém todas as marcas coreanas, já que são muitas. É um post colaborativo e vou adicionando conforme obtenho mais informações ou as pessoas vão me mandando. Como meu conhecimento da língua é básico, tenho dificuldade em me comunicar com algumas marcas para obter esse tipo de info. Não consegui resposta alguma da 엘리자베카 Elizavecca mas faço o update aqui no post se encontrar. Talvez você possa procurar a lista completa de ingredientes do produto mencionado e verificar se existe algum de origem animal. 😉 Beijos!

  3. Jess disse:

    que post de utilidade pública lominha 💓eu nunca comprei produtos e nem me interessei por esse universo de beleza coreana, até umas semanas atrás quando vi um vídeo tão incrível que comecei a pesquisar sobre o assunto. Teu blog me inspira muito nesse sentido.

    • Loma disse:

      Jess que delícia de comentário e que saude de você! Fico feliz que o meu conteúdo esteja te ajudando um pouco nessa jornada, se pintar dúvida me manda DM! To aqui pra você <333

  4. aLISA disse:

    Me ha encantado!

  5. maki disse:

    eu amo tanto esses posts, Lominha! sabe que eu estava muito a fim de trocar os meus produtos de beleza por produtos veganos, e é bom saber que tem opções de k-beuaty também <3

    • Loma disse:

      eu também tô nessa vibe, Makizinha! mas tem que ser aos poucos, né? a troca tem que acontecer sem desperdícios ou compras compulsivas! vamos juntas nessa? <3

  6. Karin Paredes disse:

    Que lista maravilhosa Lominha!!!Adorei o trabalho feito no post. Cheio de informações, muito elucidativo e super completo.Eu tenho estudado um pouquinho sobre k-beauty e skincare de um modo geral (to lendo o livro da Charlotte Cho) e aprendido um bocado. A lista abaixo veio muito a calhar!P.S.: o layout do blog ficou maravilhoso! Está bem a sua cara e super organizado. Confesso que gosto mais desse do que o anterior.Mil beijos

    • Loma disse:

      Muito feliz que curtiu o post e o novo layout, Karin! Tá pra sair um post sobre os meus livros favoritos de skincare, acho que você vai curtir. Sobre o layout: esse está bem mais leve e funcionando muito bem em mobile – o outro estava cheio de erros :/ Obrigada pela visita! 💟

  7. Taís disse:

    Que post ótimo, Loma!Por aqui tb acontece isso, de marcas não testarem pro publico europeu, mas ainda assim não serem 100% cruelty free ja que exportam pra China tb e seguem as normas de lá.Obrigada por essa lista! <3

    • Loma disse:

      Eu acho que isso deve acontecer com muitas marcas e em muitos lugares, né? Quando será que a China vai perceber que não é mais necessário? A Europa é a região mais cri cri do mundo no que diz respeito a cosméticos, formulações e certificações – e mesmo assim não exige o teste. Eu que agradeço pela visita, Taís! 💟

Deixe seu comentário

vem com

a Lominha:

leia o

blog

conheça a

urglow

compartilho meu lifestyle com (cons)ciência na internet mais perto de você ;)

receba meus

emails