0

Amorzices: por que eu blogo?

Amorzices: por que eu blogo?

Mais um projeto nasceu dessa união incrível com Maki e Mel, o Amorzices. Se você ainda não sabe, nós 3 estamos publicando um projeto toda sexta-feira com foco nos Detalhes das nossas vidas. Dessa vez, o foco é no amor e você também pode participar, se gostar. Hoje nós vamos falar sobre o amor na blogosfera, então fica aqui comigo nesse post e não esqueça de visitar o blog das meninas também!

Muito se tem falado na internet sobre blogs e vídeos. Tem quem acredite que os blogs vão acabar. Tem quem acredite que as pessoas ficaram preguiçosas e não gostam mais de ler. Tem quem defenda que blog virou plataforma de monetização e apenas mais uma forma de trabalho. Tem quem ache que blog não tem mais credibilidade. Mas vem cá, vamos conversar. Porque eu sou do time que ainda acredita na blogosfera – como sempre acreditei na TV (mesmo com o Netflix) e na rádio (mesmo com o Spotify). Eu não acredito que novas tecnologias e formatos anulem os anteriores. Eu não acredito no fim das palavras redigidas, apenas por causa da comodidade dos vídeos.

Eu acredito que o vídeo, a imagem e o áudio sejam capazes de complementar aquilo que a gente escreve. Você pode sim manter um blog, escrever o que der na telha, ao mesmo tempo que bomba seu canal e capricha no seu Instagram, certo?

Mas por que eu (ainda) blogo?

  • Eu blogo porque ainda me expresso melhor com palavras escritas.
  • Eu blogo porque eu ainda sinto nostalgia e uma felicidade bem esquisitinha quando aquele post vai ao ar.
  • Eu blogo porque eu VIVO pelos comentários das pessoas incríveis que ainda gostam de ler o que eu escrevo aqui.
  • Eu blogo porque eu bloguei desde 2004 e não sei mais viver sem o meu blog todo dia.
  • Eu blogo porque a comunidade da blogosfera ainda é linda!
  • Eu blogo porque eu ainda não me vejo fazendo outra coisa.
  • Eu blogo porque eu adoro compartilhar as coisas que amo e tudo aquilo que me inspira.
  • Eu blogo porque eu não sei como seria minha vida sem poder ensinar tudo o que eu aprendi.
  • Eu blogo porque a blogosfera me trouxe amigos do mundo todo!
  • Eu blogo porque eu sinto que esse espaço é meu e ele reflete quem eu sou.
  • Eu blogo porque eu AMO ler outros blogs e me inspiro sempre com eles!
  • Eu blogo porque blogar já define o que eu faço e está até no meu cartão de visitas.
  • Eu blogo porque o meu blog é meu portfólio e até já me garantiu alguns empregos.
  • Eu blogo porque tem certas coisas que eu vejo ou sinto que eu “preciso compartilhar”!
  • Eu blogo porque é o que eu sei fazer há 13 anos – e hoje é o meu trabalho.
  • Eu blogo porque eu acredito no poder criativo que uma blogosfera unida pode gerar!

Se você tem um blog e se sente desmotivado, acredita que ninguém mais liga, que o futuro está no vídeo, que nem adianta mais tentar: eu te deixo um recado – faça o que seu coração mandar. Eu blogo – e você deve ter notado nessa minha lista aqui em cima – por mim! Me faz bem, me faz feliz.

E cê já ouviu falar que felicidade atrai felicidade? 

Quando você faz algo por amor, você recebe apoio, recebe carinho e amor de volta! Quando você bloga por você, acaba atraindo pessoas que pensam como você e gostam das mesmas coisas, faz novas amizades e desvenda um mundo que só a blogosfera pode te proporcionar.

Mas agora eu quero saber: por que você bloga? Me conta aqui em baixo?

Quer fazer parte dessa blogagem coletiva com a gente?

O amorzices é um projeto mensal, publicado todo dia 15, criado pelo trio amorzinho Sernaiotto + Serendipity + Desancorando  e que te que terá um tema de base: amor. O tema de novembro é amor na blogosfera, faça um post no seu blog e deixe o link nos comentários pra gente ver também!

Loma

De Santos (SP) morando na Coreia do Sul. Publicitária, blogueira há 13 anos & idealizadora do ORGblog. Quer me stalkear?

33 comments

Leave a comment
  1. Mel

    15 de novembro de 2017 at 23:18

    Amei o post, Lominha!
    Eu blogo porque é o lugar onde consigo me expressar melhor tanto por palavras quanto por imagens. Porque mesmo tendo tido um hiato, blogo desde os meus 13/14 anos. Porque acredito que posso e que faço a diferença compartilhando o que me motiva, o que me inspira e a minha forma de ver a vida. Porque graças ao blog, conheci pessoas incríveis e você e a Maki são dois exemplos dessas pessoas <3

  2. Taís

    15 de novembro de 2017 at 23:18

    Faço das tuas palavras as minhas.. Meus motivos por continuar blogando são muito parecidos com o seus. Não me vejo nao blogando, já conheci e ainda continuo conhecendo tanta gente incrível, inspiradora.. E blogo porque isso me faz um bem danado. Eu super acredito que os blogs não vão morrer, acredito no poder da escrita e também acredito nessa comunidade incrível <3

  3. Malena Flores

    16 de novembro de 2017 at 00:36

    Que lindo! Amei seu post e essa iniciativa de vocês três. Vai e vem, sempre fico pensando sobre essa questão, fiquei feliz que é tema da blogagem colegiva. Tenho um blog há sete anos de lá pra cá tive meus hiatos, mas nunca passou pela minha cabeça acabar com o blog. Não consigo me ver ser ele. Amo blogar e compartilhar com outras pessoas tudo aquilo que me faz feliz, me deixa leve e que pode fazer alguma diferença na vida de alguém, ainda que mínima. Não sou menina blogueira famosa e meu blog não tem mais de 500 acessos, mas isso não faz diferença para mim. Blogo porque amo e escrever é o meu jeito mais sincero de externar o que não cabe em mim. Blog é um abraço. 💗

  4. Sybylla

    16 de novembro de 2017 at 01:11

    O ebook não substituiu o livro, a fotografia não substituiu a pintura, o rádio não substituiu a TV. Já previram a morte de absolutamente tudo o que o ser humano criou e hoje eles co-existem. Outro dia, na Livraria Cultura, vi uma área para discos de vinil. Mas não tinham decretado a morte dele??

    Eu blogo pelos mesmos motivos acima, especialmente pelo fato de me expressar melhor através de palavras escritas. Nunca sei o que penso sobre determinado assunto até escrever a respeito. E sempre, sempre terá lugar para todos nós, escritos, falando, gravando, editando, não importa. A internet é um espaço grande demais pra decretar morte do que quer que seja.

    Ótimo texto, Loma! ♡

  5. Evana Izabely

    16 de novembro de 2017 at 07:21

    Acho que os blogs sào lugares onde ainda é possível encontrar bastante amor e criatividade. O tanto de gente linda que tem nessa blogosfera é o que a mantém de pé. :-) Tenho blogs há uns 15 anos e não me vejo parando de escrever, mesmo dando umas pausas e desanimando às vezes… escrever e compartilhar é o que amo fazer, e pretendo continuar por muito tempo ainda. :-) Gostei muito do projeto e do post!
    Beijo!

  6. Karin Paredes

    16 de novembro de 2017 at 08:55

    Lominha,
    Que post! Que post! Que post!
    Acho que blogo por quase todos os motivos que você.
    Pode compartilhar as coisas que sei ou que me inspiram e poder aprender tanta coisa legal e diferente é uma das coisas que mais me motivam a continuar com o Prateleira de Cima.
    Eu blogo por tantos motivos, mas acho que o mais importante é: Eu blogo por mim, porque o sentimento que surge dentro de mim ao sentar e produzir um post é inexplicável!
    E cada vez mais quero continuar escrevendo!
    Amei o projeto e com total certeza que estarei publicando um post novinho todo dia 15 junto com vocês!
    Mil beijos

  7. Aninha

    16 de novembro de 2017 at 12:34

    Ah Lominha, que post mais lindo! Eu blogo porque eu sinto aquele quentinho no coração, o mesmo que tenho quando tinha 16 anos quando publiquei pela primeira vez no Madly Luv. Agora com 26 ainda dá essa mesma sensação gostosa. Eu blogo porque amo dividir experiências ♥ As fases da blogosfera mudam e, apesar de ser oldschool, eu adoro ver as mudanças e ainda sim ver que o poder dos blogs de mexer com as pessoas ainda permanece.

    Projeto maravilhoso!
    Beijocas ;*

  8. Débora Costa

    16 de novembro de 2017 at 12:55

    Há dois meses atrás eu resolvi investir no canal do Youtube do meu blog porque eu estava acreditando que sem ele meu blog não ia crescer. Tem muita gente que acredita nisso, que sem um canal o blog acaba morrendo. E vou dizer, Youtube não é algo que me faz feliz, mas escrever sim. Sempre fez. Um dos poucos prazeres que eu tenho na vida é criar um bom post, é dar a minha opinião sobre o que eu li, sobre o que eu gosto.
    Seu texto tirou um grande peso de cima de mim. Eu tava me desgastando com isso, perdendo o sono mesmo, mas agora me sinto livre para poder seguir meu caminho e deixar o canal pra um momento que eu queira.

  9. Paloma Cristina

    16 de novembro de 2017 at 15:50

    Olá Lominha!
    Amei tua postagem e o projeto!
    Acho que vou arranjar um tempo para participar do projeto!~me deseje sorte!
    Também blogo por que me sinto bem; é o que sei fazer de melhor; não me imagino fazendo outra coisa; gosto de compartilhar minhas ideias, experiências, conselhos, dicas, entre outros!
    Sua postagem e esse projeto me animaram ainda mais em continuar postando!
    Vou acompanhar vocês através do projeto!
    Tenha uma semana ainda mais abençoada!
    xoxo, Pam!

  10. Carol Mancini

    16 de novembro de 2017 at 16:29

    Por favor, continuem blogando! <3

  11. Re Vitrola

    16 de novembro de 2017 at 16:35

    Quero ♥ Eu blogo por costume, pq eu adoro compartilhar coisas que acho legais, pq é uma forma de terapia, pq eu conheci pessoas legais assim… acho que é isso! hehe

    Acho que quem tinha blog e deletou, vai se arrepender em breve… blogs estão voltando com tudo. Mas, independente disso, eu sempre curti mesmo blogar.

    Bjssss

  12. Bru Santos

    16 de novembro de 2017 at 16:39

    Nossa, Lomina e meninas… o que dizer de vocês!!!
    Só agradecer! Eu blogo também por tantos motivos que hoje já não me vejo mais sem fazer isso. Mesmo tendo um grande hiato esse ano, meu sentimento pelo blog sempre esteve bem forte aqui dentro de mim. Nesses últimos meses já estava me preparando pra voltar, mudei layout, reformulei categorias, tô planejando assuntos, enfim… colocando a casa em ordem. E quando me deparo com esse projeto, foi mais uma certeza de que devo continuar com meu blog na certeza de que espalhar o amor por aí é uma missão. Esse projeto veio na melhor hora. Preciso nem falar que já estou participando, né!
    Pari meu post agora em algumas horas (https://qame.us/2j0fyTP) e uma sensação maravilhosa de que juntas podemos sim mudar e melhorar essa blogosfera!
    #gratidão

    Beijinhos :)
    Bru Santos ❤
    http://www.queseame.com

  13. Paac Rodrigues

    17 de novembro de 2017 at 12:04

    Eu também ainda amo muito blogar, e sei como é esse friozinho, amei esse projeto e se der tentarei participar *–* amo seu blog e amo o desancorando e to acho linda a proposta de vocês <3

  14. Laura Nolasco

    17 de novembro de 2017 at 13:46

    AAAH, que amorzinho!
    Amei o post, e já quero fazer parte do projeto também! Já pensando no meu post!
    Adorei sua lista de razões pra blogar… me identifico com muitas delas!
    Eu me comunico muito melhor escrevendo que falando, eu amo a comunidade da blogesfera, eu amo ler blogs…
    Amei o post, amo seu blog e fico feliz de ler esse post!
    Beijos!

  15. Herbie Santos

    17 de novembro de 2017 at 16:04

    Eu blog porque eu amo escrever e acredito que através das minhas palavras eu possa talvez ajudar alguém, nem que seja um pouquinho, inspirar e espalhar a positividade e alegria que eu tanto prezo, assim como essas coisas já chegaram a mim através de outras pessoas que blogam! Além disso, é simplismente tão gostoso! Meu blog é meu xodó e me faz feliz, portanto se depender de mim ele continuará pleno nesse mundão internético para sempre!
    Parabéns pelo trabalho Loma!
    Beijão!

  16. Alexandre Nagado

    17 de novembro de 2017 at 18:33

    Que post inspirador, Loma!
    Eu comecei a blogar pra continuar escrevendo sobre cultura pop japonesa, algo que já fiz muito pra revistas e sites. Mangá, j-pop, animê, essas coisas. E lá se vão quase 10 anos com eu Sushi POP. Fiz amigos por causa desse blog, dei entrevistas e ganho muitos mangás para fazer resenhas.

    Mas, há muitas outras coisas pelas quais me interesso e tenho um lado bem politizado. Isso foi se acumulando até que eu senti a necessidade de expressar minhas ideias fora da cultura pop. E aí arranjei tempo pra fazer outro blog, o Reflexo Cultural, pra qualquer tipo de assunto fora da cultura pop japonesa. Isso tem sido ótimo pra mim. Vem uns aborrecimentos aqui e ali, mas faz parte da vida de quem manifesta opiniões sobre temas polêmicos e pelos quais se importa.

    Eu realmente acredito que, mesmo tendo perdido audiência para os vídeos, a escrita AINDA é IMPORTANTE e RELEVANTE. E é por isso que eu registro minhas ideias e opiniões em um blog, digo em dois blogs. E lendo seu post eu renovei esse sentimento.

    Parabéns e sucesso pra você!

  17. Diego Bonadiman

    17 de novembro de 2017 at 19:55

    Blog é tudo de bom. É uma forma de carinho tão grande parar um instantinho pra escrever algo que você acha válido compartilhar com o mundo e sinto falta desse tipo de amor na internet de hoje. Amei a ideia e acabei escrevendo um post também. Vamos espalhar amor por aí :D
    https://insanidadeartificial.wordpress.com/2017/11/17/amorzices-como-eu-acompanho-blogs/

  18. Moni

    17 de novembro de 2017 at 22:45

    Primeiro, parabéns pelo blog e pelas dicas que continuam ótimas. Segundo, quero te agradecer, pelo material que disponibiliza e hoje, em particular, por me dar a oportunidade de voltar ao início, com uma simples pergunta: “Por que você bloga?”
    Não vou escrever muito, vou só deixar o link do post, para que possam entender melhor.
    Muito obrigada
    Bjks
    Moni
    http://de-cuore.blog.br/por-que-eu-blogo-e-bom-relembrar-como-tudo-comecou/

  19. Cão Falante

    17 de novembro de 2017 at 22:50

    Oi, Eu sou o Cão Falante, eu pertenço a Moni, que escreveu ai em cima. E tenho total liberdade para postar e comentar em outros blogs, apesar das pessoas acharem que não sou um cão. Eu sou, e sou blogueiro.
    Gostei de contar porque eu “blogo” e vou deixar aqui, como você pediu, o link do post que eu fiz.
    Obrigado pelo tempo que gasta com blogueiros que estão iniciando e as dicas e ferramentas que indica.
    Fui eu que escrevi, não duvide: http://seoscaespudessemfalar.com.br/por-que-eu-blogo/

  20. ADRIANA

    18 de novembro de 2017 at 22:14

    Só para conhecimento: Você foi a pessoa que mais me ajudou em relação ao blog. Vira e mexe eu to no orblog pegando referencia e compartilhando também. O que mais me chama atenção em vc Loma é a vontade de compartilhar. Seja um livro, uma dica, um macete. Tem se tornado raro encontrar pessoas que distribuam a seu pote de tesouro sem medo de serem passadas para trás. Isso é motivador. Sério.
    Acredito que existem pessoas que ganham dinheiro e pessoas que mudam pessoas e vc e as meninas são as pessoas que mudam pessoas (espero que logo menos sendo reconhecidas $$$ financeiramente também).
    Vejo o blog de cada uma e penso:
    “Eu quero ser próxima do meu leitor, mesmo que nunca o encontre na rua. Eu quero que ele pense e saiba que o post foi feito pensando nele. Que ele é importante” isso que vcs fazem a gente sentir, então, continue mais 13, 26, 39 anos blogando com a gente.

  21. Jennifer Constantino

    20 de novembro de 2017 at 11:40

    Que post mais inspirador Lominha <3

  22. Chell

    20 de novembro de 2017 at 14:58

    Ahhh que delícia esse projetoooo =D

    Eu tô bem na fase de me perguntar isso: PQ BLOGO?
    Eu adoro dividir as coisas que eu gosto. Dar dicas de coisas pra fazer, lugares pra comer, eventos, produtos… ADORO! E isso acho que é o que me move. Fora que é um lugar meu, que divido minhas coisinhas e tals. Mas ultimamente to perdida da vida e por isso não sei mais o que faço rssss vamos continuar na busca.

  23. Isa

    23 de novembro de 2017 at 21:50

    obrigada por incentivarem a gente a escrever sobre isso: no fundo, a gente sabe o que nos motiva, mas às vezes precisamos lembrar, né? ó: http://eagoraisadora.com/por-que-eu-blogo/ :)

    eu fico muito feliz de saber que tem gente tão boa como você levando a sério esse nosso negócio, viu? mesmo, mesmo. dá gosto de ver!

  24. Vanessa Cruz

    24 de novembro de 2017 at 13:10

    Que legal! Também acredito nessa blogosfera, onde existem pessoas que ainda acreditam no blog como uma forma de expressar o seu melhor e vincular-se a outras pessoas que se identificam do mesmo modo. Afinal, todas as redes sociais de hoje, são fruto das relações dos blogs e chats de antigamente, isso nem tem 10 anos..rs é engraçado pensar o quanto evoluímos, o quanto tudo foi tão rápido e nessa velocidade insana, nos perdermos e tudo virou monetização. Os posts ao estilo meu diário, deram lugar a uma prestação de serviço! Não critico esta forma de trabalho, até mesmo porque, eu adoraria trabalhar com a internet, mas eu não encontrei a fórmula e acho que já estou com a idade um pouco avançada…rs mas ainda gosto de blogs, já tive alguns, mas naquela época nem de perto era o que é hoje! Adorei o projeto porque chega ao encontro do que eu acredito, e neste contexto é que eu quero blogar novamente! Comprarei um domínio, instalarei um layout free wordpress, farei tudo o que é necessário, só para voltar a essa terra blogosférica pois quero também, ter a minha casa dentro da internet. Ainda que eu reme contra as ondas da blogosfera serviço… hahahaha… meu comentário foi quase um post! Adoro o seu blog, e sempre passo por aqui pois me transmite uma energia suave e tranquila, e agora que conheci os outros blogs do projeto, quero acompanhá-los também! um forte abraço! bjs

  25. Jess

    27 de novembro de 2017 at 18:14

    muito amor mesmo!
    Eu acredito que uma vez blogosfera, para sempre blogosfera. Não importa quanto blogs possamos ter na vida, compartilho desse sentimento tão querido que é desejar registrar pensamentos e coisas aleatórias em uma página na internet.
    E espero que nunca acabe não. Se depender de pessoas como você, eu e tantas aqui nesses comentários, creio que não acabará tão breve! :)

  26. Carolina

    28 de novembro de 2017 at 11:37

    Eu blogo porque eu sempre quis blogar. Porque é um fantástico espaço de experimentação artística e sentimental. E finalmente, depois de muitos anos e muitas tentativas, eu finalmente estou conseguindo entender como é o meu blogar, como é a minha forma de me expressar na internet.
    E aí que eu resolvi participar também dessa blogagem coletiva. :)

    http://www.garrafanomar.com.br/2017/11/sobre-ser-nova-no-role-e-ser-old-school.html

  27. Gaby Benfatto

    29 de novembro de 2017 at 01:27

    Eu blogo a 2 anos e 9 meses (Abril/2015 – Atualmente), amanhã (30.11.17) faço 15 anos. E blogo porque isso me inspira, renova e organiza a confusão que eu sou. E blogo também porque é assim que eu compartilho as minhas coisas com o mundo, principalmente a minha opinião sobre quase tudo.
    Kisses Loma!

  28. Duda

    29 de novembro de 2017 at 17:32

    Estou apaixonada por todos os textos desse projeto e muito feliz que eles apareceram para mim justamente quando eu estou me sentindo na contra mão: trabalho profissionalmente com vídeo mas voltei a escrever num antigo blog e ainda não fiquei a vontade de ter canal no YouTube (apesar de ter todas as ferramentas). Sempre digo que escrevo pq amo ler depois e faço isso desde os meus 10 anos de idade, quando absolutamente ngm lia (nos meus diários). Às vezes sinto até que tenho que ficar me “justificando” por ter atualizado o blog em pleno 2017, como se fosse algo ruim, ultrapassado ou egocêntrico. Enfim… desabafos… Mas obrigada mesmo, gurias! Agora vou lá preparar um post que tô adiando há dias! Beijos

  29. Cadu

    10 de dezembro de 2017 at 11:52

    Eu blogo pra mostrar para mim mesmo que não precisava fazer faculdade para poder expressar tudo o que penso e sinto em forma de palavras. Para tentar ajudar alguém (ou até a mim mesmo quando me sentir triste/desmotivado) no futuro com algum assunto que eu já tenha vivenciado. Blogo hoje, principalmente, para mostrar para os meus amigos o dia a dia de um intercambista e que com planejamento todo mundo consegue fazer um intercâmbio. Mas blogo principalmente porque amo escrever e um dia ainda quero escrever um livro, então quem sabe blogar não seja uma prática até o sonho virar realidade?

  30. tainara mallet

    12 de dezembro de 2017 at 12:44

    as palavras possuem um poder enorme e mesmo eu sendo meio preguiçosa eu me orgulho em dizer que faço parte disso, o Louca Apaixonada (meu blog) mostra um pouco de mim, dessa mulher que vive no interior e que prova a si mesmo que se pode ser o que quiser, blogar é amor, é paz, é fé, é determinação, e ver o mundo com outros olhos e tudo isso me mostra que se tiver amor e determinação se chega onde quiser.

  31. Paloma Marcarini

    18 de dezembro de 2017 at 11:19

    Eu nem sei o que seria de mim sem esse espaço aqui. Eu amo seu blog e amo blogar também. Esse ano arrumei um emprego e cada dia mais cresço e tenho mais trabalho. Inventei que não tenho mais tempo pra blogar. Mas sei que não é verdade. No e-mail que você nos enviou sobre meta para 2018 eu resolvi escolher e me dedicar a isso. O meu blog. E já estou preparada para o dia 01 de janeiro, que já vou colocar tudo em dia!

  32. Nick

    9 de Janeiro de 2018 at 18:02

    Eu blogo porque amo blogar. Sempre sonhei em ter um blog, mesmo quando não sabia mexer em um computador. Não consigo imaginar “não ter mais um blog”. Posso sumir, por conta da correria. Mas se tenho uma pausa, opa! Vou ali blogar. Porque me faz um bem danado.
    Inclusive, falei sobre isso no meu post: http://www.ninamore.com.br/2018/01/voce-oferece-o-que-espera-de-volta.html
    E recebi comentários lindos, que me fazem acreditar mais ainda que a blogosfera está viva!
    Obrigada por blogar, você é uma inspiração! <3
    Beijão.

Leave a Comment