Por que não uso temas piratas – e você também não deveria!

Você viu aquele tema MARAVILHOSO lá no Creative Market – ele é perfeito e do jeito que você sempre quis. Mas o país tá em crise, o dólar tá alto, você não pode pagar um designer – e o que você faz? Pesquisa no Google “nome do tema + free download”. Uma lista de infinitas possibilidades aparece bem na sua frente: várias opções desse tema com os termos “free”, “nulled” e “hacked”. Que incrível, não? Agora você tem um tema maravilhoso e não pagou nadica.

Tudo bem. Você vai pagar mais pra frente. E bem caro.

Estou escrevendo esse post pos dois motivos: O primeiro, explicar o motivo de eu ter uma pasta com mais de 20gb de recursos que eu comprei (isso mesmo, paguei) de artistas da web – inclusive, essa pasta é meu bem mais precioso. Segundo, explicar os danos que um arquivo pirata pode causar no seu site.

Se nada disso te convencer, tudo bem também. Mas eu fiz a minha parte. :)

Por que eu “gasto” dinheiro com recursos originais?

  • Se eu preciso de algo que não tenho habilidades para criar, eu vou contratar alguém que tenha. E essa pessoa só tem essas habilidades porque investiu o tempo dela – e o dinheiro – pra aprender. Nada mais justo, né?
  • Eu tenho um universo de arquivos que eu posso usar a qualquer momento para criar qualquer coisa.
  • Eu não preciso ficar preocupada com a segurança dos meus arquivos e nem com medo de vírus.
  • Eu tenho suporte técnico do criador do produto.
  • Eu tenho uma garantia desse produto e reembolso, caso eu esteja insatisfeita.
  • Eu não preciso fazer tudo. Eu posso terceirizar para alguém que faz muito melhor do que eu.
  • Esse recurso que eu comprei incentiva o empreendedor digital e pode garantir mais produtos incríveis: esse dinheiro pode pagar um curso pro cara aprender uma linguagem nova. Pode pagar um pouquinho da próxima viagem dele. Paga, quem sabe, uma parcela da escola do filho dele. Paga um Chai Latte pra ele, inclusive. Pessoas criativas merecem um Chai Latte.
  • Eu gosto quando as pessoas valorizam – e pagam pelos – meus serviços. Por que não fazer o mesmo?

Você pode me dizer que meus motivos são supérfluos e eu resolveria todos os meus problemas com um arquivo pirata, quando a grana tá curta. Tudo bem, você tem razão mesmo. Mas vem cá que eu ainda não acabei – e essa parte é BEM importante:

O que um plugin ou tema pirata pode fazer com seu site?

Eu já tive meu blog hackeado em 2013: perdi tudo e recomecei do zero. Na época, usava sim muitos plugins e tema piratas – ainda bem que a gente aprende e evolui na vida, né? Eu não ligava para a economia criativa. Eu não valorizava o tempo e o investimento dos designers. Eu estava pouco me lixando com os riscos. Eu queria ter coisas bonitas e funcionais no meu blog – sem pagar.

[btx_quote author=”” style=”border” border_color=”primary_brand”]Já visitou meu guia de recursos? Todos os recursos gratuitos – e pagos – que eu uso aqui no blog![/btx_quote]

Até que eu perdi tudo. Meu blog virou um site todo preto com coisas escritas em árabe em vermelho. Acho que tinha uma imagem de armas. Eu fiquei tensa. Fiquei com medo. Entrei em contato com o suporte do servidor que eu usava – era diferente do meu atual – e pedi pra resetar tudo. Eu não tinha um backup, inclusive.

Perdi o blog todo. Tudinho.

Migrei de servidor. Comecei a investir no blog. Comecei a lucrar com ele e todo o cenário mudou!

Mas a questão é a seguinte: um arquivo pirata instalado dentro do seu servidor abre portas. Essas portas podem atrair gente mal intencionada. Nesse artigo (tá em inglês) um profissional explica o tipo de arquivo e código que ele encontrou em alguns sites que usavam determinados plugins piratas. Um dos plugins usava o seguinte sistema:

  • Quando a página que instalou o plugin carregava, um email automático era enviado para o cara que codificou o plugin pirata contendo a URL dessa página;
  • Quando o cara acessava o blog da pessoa que instalou, ele tinha acesso a uma porta que o plugin instalava;
  • Essa porta dava acesso de administrador para o cara – com uma senha que ele mesmo inseria e um usuário chamado “wordpress” pra ninguém desconfiar;
  • Uma vez como administrador, ele pode tudo: mudar seu site, tema, conteúdo, hackear emails, apagar seu site todo.

Tudo isso com um pedaço de código que vem junto com o plugin pirata – agora você entende o motivo tão nobre desses hackers ao comprar um plugin e “disponibilizar” ele de graça para os pobres? Ele pode ter o seu blog na mão dele, sem você perceber – a não ser que manje dos paranauês (que eu não manjo).

Será que vale a pena o risco?

O seu site ser completamente deletado sai mais em conta do que uns 15 dólares naquele plugin que você precisa tanto?

Aliás, você precisa mesmo? Sempre que pensar em instalar um plugin premium, analise se o custo dele – ou o risco de instalar um pirata – vale mesmo a pena. Esse “filtro” tem feito com que eu instale muito menos plugins no meu wordpress e o deixe mais limpo, apenas com o necessário.

Ps – eu fiz um ebook grátis com todos os recursos gratuitos e pagos que eu uso no blog! Baixe agorinha.

Não sabe onde encontrar recursos e layouts baratos?

Minha fonte favorita é o Creative Market: tanto para layouts, quanto para ilustrações, fontes, mockups. Os recursos são super baratos e você incentiva o mercado independente. Eu já fiz um post com meus layouts favoritos para Blogger e para WordPress.

Espero que o post tenha sido útil – compartilhe para ajudar mais migos nessa blogosfera maravilhosa!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O barato(ou pirateado) sai caro :/ Acho que nunca cheguei a usar algum template que não foi disponibilizado pelo próprio criador.
    Estou pensando em contratar alguém para fazer um novo tema assim que eu tiver um dinheirinho extra. Eu era das que fuçava para fazer sozinha mas fiquei muito pra trás em termos de coding :c
    E o melhor de comprar de alguém que faz é ajudar essa pessoa a viver fazendo o que gosta e ter tempo de se dedicar ao que a gente realmente quer fazer ^^
    Beijos

  • Eu já usei tema pirata e apesar de não me orgulhar disso, foi bom pra aprender a valorizar os designer e trabalhadores criativos pelo mundo. Hoje meu tema foi comprado com maior orgulho (pelo etsy que é ótimo e super recomendo!) e estou apaixonada por um trabalho bem feito por alguém do outro lado do mundo <3
    Beijos

  • Loma, até aqueles plugins que a gente instala direto do painel do WordPress pode conter piratas? Essa parte do plugin eu não entendi bem…

    Sobre o layout, sim…. Meu tema atual eu consegui de graça no Creative market no Free Goods of the week, tenho suporte do designer e ele é perfeito. Me atende em tudo!
    E antes desse que estou agora, eu baixei 2 outros também grátis lá que são espetaculares!

    Beeeeijos
    http://www.brunabussular.com.br
    Wellness Lifestyle Blog

    • Geralmente esses plugins gratuitos não tem essa intenção – alguns você baixa de graça e eles oferecem serviços premium a parte, por exemplo. Nesse post eu me refiro exclusivamente a plugins e temas que são exclusivamente pagos e vendidos pelo desenvolvedor. Pra ter acesso, você precisa comprar – mas muita gente baixa pirata. Existem inúmeros sites que vivem exclusivamente de oferecer temas e plugins piratas. Esses sites são mega suspeitos e você não tem como saber de onde vem aquele código que você tá instalando no seu website. Os plugins gratuitos daquela “loja de plugins” do wordpress provavelmente passam por alguma espécie de aprovação para estarem lá, então não precisa ter medo.

  • Muito bom o post, Loma!
    Eu já usei mta coisa pirata, mas hj tbm dou preferência e valor ao que é pago… Demorou um pouco para eu me tocar sobre o que eu estava fazendo qdo baixava material free ilegal. Até que eu pensei “como eu quero cobrar por algo que faço se eu msm não quero pagar pelo que os outros estão fazendo?”
    O Creative Market é ótimo! Estou reformulando meu blog e comprei o layout novo por lá. Sem contar todo o conteúdo gratuito que eles disponibilizam toda semana. Sempre tem muita coisa interessante e que a gente pode usar eventualmente.

    Beijos!!

    • Nossa, você está super certa! Se a gente quer que valorizem nosso trabalho, por que não valorizamos o de outras pessoas né? Eu amoooo Creative Market e os goodies semanais são incríveis, já usei muita coisa hahaha

  • Só li verdades e passei por alguns perrengues também, não com blog pessoal porque meu blog sempre foi pequeno, mas na minha época de fã-site eu sofria muito com plugin pirata. Hoje em dia me contento com os que são free e sou feliz assim mesmo <3

  • Oi Loma! E aqueles themes que tem a versão free ( onde você mesmo tem que modificar as coisas e colocar tudo no seu devido lugar) e a paga que já vem com tudinho pronto e tem suporte? O free pode dar problema? Beijossss

    • Eu acredito que não. Quando um produto é disponibilizado free pelo próprio desenvolvedor, tudo bem. Nesse post eu falo especificamente sobre temas e plugins exclusivamente pagos que são hackeados e pirateados por outros sites e pessoas. Temas e plugins que são disponibilizados de graça ilegalmente. Sem consentimento do criador. Geralmente os sites e hackers que pirateiam já fazem isso com segundas intenções. Por isso, não recomendo!

  • Me sinto aliviada por nunca ter entrado nessa! Primeiro por que acho uma sacanagem com quem trabalhou pra fazer aquele produto, segundo pelos riscos que vc falou. Quando eu comecei meu blog, ha pouco tempo, eu não achava uma boa investir dinheiro em um tema porque eu queria ver primeiro se a ideia ia vingar, devido ao meu histórico rsrs (e vingou!). Por isso procurei um tema gratuito, mas gratuito mesmo, direto do desenvolvedor, não pirateado, que tivesse licença pra personalizar. E foi o que eu fiz, até ele ficar do jeito que eu queria, agora gosto tanto dele que nem penso em trocar! Acho que sempre existem opções ao invés de burlar, e é bom as pessoas lembrarem aquilo que nossas avós costumam dizer… o que vem fácil,vai fácil.

    • Também comecei com gratuitos e lá no auge de 2004 aprendi a fazer meus próprios temas pra UOL blog e Blogger hahaha! Confesso que no WordPress já foi mais complicado, mas sempre recorri aos free ou aos pagos – mas nunca ilegal. Já usei plugin ilegal e me ferrei, perdi todo o meu blog em 2013. Não vale a pena, mesmo :/

  • esse post é I-N-C-R-Í-V-E-L!!!
    Sério!!!
    Quando chamei a Jess Quirino pra fazer meu site/blog, comecei a pedir um monte de coisa pra ela que ia achando na internet, e ela me explicou isso tudo que você falou aqui.
    Se eu fosse fazer meu site/blog sozinha, eu ia simplesmente me ferrar bonito. O meu antigo já perdi tudo, por conta de vírus, o que me deixou completamente chateada por conta de anos e anos de material que eu tinha postado.
    Mas com essa, aprendi da pior maneira… rs
    bjsssss

  • O tema eu acho sempre alguns que são liberados free e eu mesma customizo tudo. Não pego plugins qualquer e tento prestar muita atenção nessas coisas por justamente o medo de dar uma nhaca. Fora que tenho backup semanal das minhas coisas =D Mesmo assim, bate medinho kkkk

  • Adorei o post, super útil. Eu paguei para fazer o blog mas não sei se há algum plugin que eles instalaram que pode danificar :s

    Loma, eu pesquisei aqui e não encontrei. Você indica algum plugin para proteger o blog contra invasão? ou algum outro método? tenho medo de instalar qualquer um e prejudicar o blog.

    beijos

  • Tenho a mesma opinião que você! E como as meninas mesmo falaram, o creative market tá recheado de coisas bacanas e libera frees toda semana! Meu atual layout é de lá, foi disponibilizado free e com suporte do desenvolvedor. Apesar dele ser do outro lado do mundo, foi super atencioso em uma dúvida que eu tive, deu até vontade de comprar meu próximo tema – quando eu enjoar – dele. Porque você sabe que a pessoa investiu tempo e muito dinheiro para aprender o que sabe, sem contar no talento. Nada melhor do que valorizar <3 Mas, como sempre podemos evoluir achei ótimo você passar esse ensinamento aqui no blog! Provavelmente tem mais gente pensando se deve ou não usar temas e plugins piratas e seu texto pode sanar essa dúvida.
    Um beijo!

  • Ai então usei varios temas, mas é o risco, porem uma das coisas que eu ando fuçando é para aprender a eu mesma criar meu proprio design dos layouts do meu futuro blog que ainda estamos pensando (eu e minhas amigas), mas essa brincadeira do pirateado sai muito caro e é complicado demais que colocamos em risco nossa conta e nosso computador em si com virus e outras coisas a mais.

  • Quando iniciei meu blog, não entendia nadica de nada. Na verdade, ele só saiu porque meu irmão – um curioso da internet – disse “senta aí, vamos criar seu blog”. Era um sonho distante para mim.
    Só paguei o domino e a hospedagem, não paguei o layout. Para ser sincera, não sei se era pirata (e nem me orgulho de admitir isso, muito pelo contrário).
    Eu não tinha menor perspectiva, nem sabia se realmente ia gostar de ser blogueira. Talvez eu desistisse no mês seguinte… Mas o fato foi que amei! Mesmo com uma casa para cuidar, a faculdade para dedicar e outras inúmeras tarefas, achei tempo, nesses dois anos, para viver esse hobby.
    Hoje entendo um pouco desse mundo virtual que estou inserida e prezo muito pelo trabalho das outras pessoas. Minha antiga ilustração eu comprei, comprei o design do meu cartão de visitas e, mais recente, comprei meu novo layout [fiz até um cartão internacional – do NU Bank (indico!) – para poder comprar, hahahaha!]
    Se queremos ter o trabalho levado a sério, mesmo que seja um hobby, temos que levar o trabalho dos outros a sério, não?!
    Fiquei realmente feliz de ler esse texto e os comentários, ver que tanta gente pensa assim =D

    Tenho uma sugestão de tema: Minha conta no Adsense foi desativada. Fiquei muito triste com isso, pois no e-mail não dizia o porquê fui punida. Fiz o apelo explicando que não sabia, que talvez seja o layout que acabei de instalar, mas mesmo assim não adiantou. Nenhuma explicação. O que me chateou não foi perder o dinheiro que tinha juntado (míseros 5 dólares), afinal o blog não tem intuito de ser meu trabalho (só queria que ele se sustentasse)… O que me deixou decepcionada foi ser banida sem nenhuma explicação.
    Sabe, sou uma médica veterinária, não entendo muito bem o lado de computação, programação e assim por diante… Senti que como há tantos produtores de conteúdo, o Adsense está cagando e andando para quem ele bloqueia e desativa (desculpe o termo).
    Não sei se você já escreveu sobre isso, se não, queria sugestões de outras publicidades desse tipo (se possível uma mais “humana”).

    Queria aproveitar o comentário quilométrico para agradecer mais uma vez por toda sua ajuda! Me ajudou com a Taxa de Rejeição – que eu nem entendia o que era – e com meu mídia kit. Meu mídia kit estava muito bom, pois sou detalhista, mas ficou bem mais profissional com seu toque <3
    Caso queira ver: http://divaveterinario.com.br/wp-content/uploads/2016/08/m%C3%ADdiakit-2016-simples.pdf

    Um SUPER beijo!

  • Lominha, estou à procura de um novo tema para meu blog e devo dizer que seu post foi muito esclarecedor!
    Claro que os temas ~mais perfeitos~ que eu mais gostei são os mais caros, mas ainda estou na busca e agora sei que não quero nada pirata.
    Como sempre, você arrasou!
    :*

  • Eu ainda tô meio perdida nesse mundo dos blogs e fiquei em dúvida com esse post! O template que eu tô usando instalei direto no wordpress na versão free, tá tudo certo ou posso estar usando um pirata? Não quero cair nessa furada não.. hehe Já disse e repito: tô amando teu conteudo e aprendendo um monte por aqui :)

    • esses templates do wordpress gratuito são padrão do wordpress, você nem tem como customizar temas no wordpress free :) temas piratas são aqueles que o pessoal baixa de websites para instalar no wordpress do servidor, fica tranquila :)