7 desafios para criativos

Eu acredito que a criatividade acontece quando a gente sai da nossa zona de conforto. A rotina tem esse dom de tornar tudo automático e indiferente – e isso prejudica demais nossos processos criativos.

É inevitável sofrer de bloqueios quando as tarefas do dia a dia consomem nossas forças e é por isso que estou propondo esse desafio, para você que é criativo e tá se sentindo meio down, sem ideias e sem força de vontade. Vem comigo:

1 – Aprenda novas habilidades

Sabe aquele talento ou habilidade que você sempre deixou pra lá por não se achar capaz ou por não ter tempo? Hoje é dia de começar! Leia, aprenda, pesquise e bote a mão na massa. A gente costuma sabotar nossas vontades por achar que não somos capazes ou nunca seremos tão bons quanto quem já faz.

Mas entenda uma coisa, amiguinho: quem é bom pratica há anos! Então, não compare o seu começo com o meio ou final de ninguém. Arregace as mangas e comece agora: faça aulas, assista tutoriais e comece de algum lugar.

2 – Faça algo que te dê frio na barriga

Não estou falando para pular de bungee jump – bom, se é algo que você quer e seu coração aguenta, vai fundo – mas chegou a hora de fazer aquele item, desafio, desejo ou sonho que te dá borboletas no estômago.

Uma tatuagem, um livro, uma viagem sozinho, uma repaginada no blog, uma reforma, uma atividade ao ar live ou até mesmo o bungee jump! Não importa se o desafio é profissional ou para o seu prazer, chegou a hora de fazer!

3 – Inspire-se

Visite um blog que te motiva, leia um livro que te impulsione, converse com pessoas positivas, visite lugares inspiradores: o importante é exercitar a inspiração. A criatividade nasce do trabalho + inspiração, mas essa inspiração não vai pipocar sozinha na sua frente, é preciso exercitá-la.

Descubra o que te inspira e pratique esse hábito. O Pinterest é sempre fonte de inspiração para mim, por isso eu acesso todos os dias.

4 – Arrume tempo para seus projetos pessoais

A vida é corrida, todo mundo sabe – mas tente arrumar um tempinho diário para os seus projetos pessoais ou hobbies. Se você curte blogar, andar de bike, de patins, fazer artesanato, pintar, fotografar, caminhar, não importa: separar uns minutos do seu dia para exercitar seus hobbies te deixa mais leve, relaxado e pode render inspiração para seus trabalhos.

5 – Deixe a competitividade de lado

Você já parou pra pensar que pode aprender muito com aquele seu colega de profissão que você vem julgando? A gente tem essa mania de querer ser exclusivo, ser o melhor, ser o que sai na frente. Mas a verdade é que tem espaço pra todo mundo, amigos. Não importa o que você faça!

Reúna-se com outras pessoas que tem o mesmo talento que você. Troque dicas, técnicas, piadinhas internas. Esse exercício relaxa, traz novos amigos e novas perspectivas sobre tudo aquilo que você faz.

6 – Estude – é sério!

Você nunca vai saber tudo na vida. Por mais know how que possua na sua área de conhecimento, sempre haverá algo novo pra aprender. Às vezes, fazer um curso novo pode te motivar ainda mais a se dedicar naquilo que faz. Ou, talvez, se aprofundar em um tema específico dentro daquilo que já sabe.

Estudar proporciona mais conhecimento, mais motivação e você ainda pode descobrir novas áreas do seu interesse – que vão aprimorar seu currículo.

7 – Divirta-se sempre que possível

Tem aquela frase famosa de Confúcio que diz algo parecido com: faça algo que ama e nunca terá que trabalhar um dia sequer na vida. Isso é a maior lorota, amigos. Quando a gente transforma o que ama em trabalho, acaba virando compromisso. A gente tem hora, tem obrigações. Conheço muitas pessoas que largaram tudo para viver do que amam e que agora perderam o amor pela coisa.

Por isso que eu digo: divirta-se com aquilo que faz. Tente tornar a sua rotina de trabalho mais leve – sem deixar de lado o profissionalismo. Rodeie-se de pessoas positivas, processos menos burocráticos, decorações que alegrem sua mesa, música, comidas gostosas e tudo aquilo que te faz bem!

Complete esse desafio e venha me contar seus resultados. Mas eu tô muito curiosa para saber: existe alguma habilidade que você sempre quis aprender?

E tem alguma coisa que você sempre quis fazer e que te dá o maior frio na barriga?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *