ORGblog 21: crie um mídia kit

O ORGblog é uma série de posts que tem como principal intuito auxiliar na organização do seu blog. Os posts vão ao ar semanalmente em formato de tarefas e aqui nessa página você encontra o índice e todas as informações sobre o projeto.

sernaiotto-orgblog-21-midia-kit

Já baixou o aplicativo do blog? Baixe no seu Android ou iOS e receba dicas exclusivas para o seu blog direto no celular.

Vocês pediram e aqui está: hoje vamos falar sobre como criar o seu mídia kit básico. Quais informações são essenciais? Quantas páginas precisa ter? Quais métricas exibir? Confira algumas dicas para desenvolver o seu mídia kit – com direito a um freebie super bacana lá no final do post.

Para que serve o mídia kit?

O mídia kit é uma coleção de informações sobre o seu website ou blog,  que explica todo o seu trabalho, quem é você, os seus resultados e as oportunidades do seu conteúdo. É usado para conseguir patrocínios e parcerias com marcas.

O mídia kit deve ser bem resumido e informativo: insira os dados necessários, de forma curta, visual e objetiva. A maioria dos blogs e sites disponibilizam seus mídia kits em um PDF – mas conheço quem use uma página estática do site ou até mesmo um vídeo. O formato deve ser aquele com o qual você se sinta mais confortável.

Sernaiotto - sobre o Midia Kit

Apresentar um mídia kit bem estruturado é uma forma de mostrar o seu profissionalismo – se você tem a intenção de monetizar o seu espaço.

Acho que eu não preciso entrar no detalhe ético de anunciar em blogs, né? Vale reforçar: sempre – SEMPRE – sinalize uma propaganda em seu blog. Anúncios disfarçados são ilegais e, diga-se de passagem – oportunistas e antiéticos.

Um mídia kit é um resumo de quem você é e o que você faz – é a sua propaganda!

O que colocar no seu mídia kit?

Antes de dividir o mídia kit em pedaços, vou listar algumas dicas importantes que você não deve esquecer. Para ficar mais fácil, reuni em uma imagem para que você possa pinar, compartilhar, favoritar ou até mesmo imprimir e colar na agenda:

Sernaiotto - dicas para seu mídia kit

Então vamos ao que interessa: comece com o básico – se esse for o seu primeiro mídia kit. Com o tempo, vá adicionando informações que você considera importante divulgar sobre seu blog. Todo mídia kit deve conter:

1. Introdução

  • O logotipo do seu blog;
  • Informações sobre o seu blog: o nome, data de criação, frequência de postagens, seu público;
  • Informações sobre o autor: inclua informações muito breves sobre quem é você (e se há colaboradores no blog). Fale sobre sua experiência no tema em que você aborda;
  • Informações sobre o mercado: o seu nicho e as categorias que aborda;

2. Audiência & perfil

Para convencer um possível cliente, é preciso mostrar dados concretos de suas estatísticas – sem aumentar, viu? Na última edição do ORGblog você encontra dicas sobre quais métricas monitorar. Nessa parte do mídia kit você pode adicionar:

  • Informações básicas do blog: Visitas únicas, pageviews, perfil geográfico dos acessos, Google Page Rank, Alexa Rank e estatísticas determinadas para um período. Eu costumo analisar um mês de estatísticas, geralmente o anterior a data que eu crio o mídia kit. Esse período deve estar bem claro no seu texto. Abuse dos gráficos!
  • Redes sociais: Aqui você informa quantas pessoas te segue em cada rede e, se possível, um perfil demográfico de cada uma. No facebook essa informação é fácil de encontrar no Insights.

3. Serviços, preços & benefícios

Não esqueça do apelo visual: nessa área você pode usar gráficos, tabelas, cores ou até mesmo exemplificar os formatos de anúncio usando um print do seu layout.

  • Formatos que você disponibiliza para anúncio: Banner na sidebar (e tamanhos), banner no topo (geralmente 780×90), post patrocinado, sorteios patrocinados. Escolha os formatos com os quais você se snete confortável – sem prejudicar o seu conteúdo e a usabilidade do seu leitor.
  • Preços: Exibir os seus preços é opcional, eles podem variar conforme o tipo de serviço, o tempo estimado e outras razões. Você pode precificar serviços fixos, como o banner por um determinado período na sua sidebar. Serviços customizados, que requerem determinado tempo e expertise (como fotografias, por exemplo) podem ser precificados sob orçamento. Vai de cada um
  • Os benefícios que você pode oferecer: Seu mídia kit é a sua propaganda, portanto, seja honesto e criativo. Explique para o potencial cliente os benefícios de anunciar com você. Seus posts são aprimorados para search engine? Isso é um baita diferencial. Sempre que publicar um post, você divulga nas redes? Anote isso também!

Template para download

Para facilitar um pouquinho, eu criei um modelo de mídia kit super básico em PPT: você pode editar as informações do seu blog, customizar e salvar como PDF se quiser.

O arquivo está em .pptx e para baixar basta clicar aqui!

No meu painel do Pinterest eu costumo pinar alguns exemplos de mídia kit que eu acho o máximo!

Curso de mídia kit

Ainda tá inseguro? Relaxa: o curso de mídia kit foi desenvolvido especialmente para você, que está inseguro e nem sabe por onde começar a monetizar seu blog, quais valores cobrar ou como oferecer seus serviços. Chegou a hora de deixar o medo pra trás e finalmente transformar o seu blog naquilo que você sempre desejou!

Vamos criar o seu mídia kit juntos, seguindo um passo a passo bem intuitivo e didático. Você não precisa ser designer e nem ter um milhão de acessos! Você só precisa ter um blog, vontade de aprender e muito potencial para crescer.

Não esqueça de compartilhar com os amigos, hein?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *