plantinhas & minha mini estufa

Eu nunca fui muito fã de jardinagem, mesmo crescendo com a minha avó – que é daquelas que come o que planta. Acho essa cultura de subsistência louvável e, mais do que isso, sustentável: nada de ficar comprando ou desperdiçando.

Só que eu nunca me considerei capaz de cuidar de seres tão delicados e indefesos. Ultimamente, tenho babado em muitos terrários e jardins de inverno por aí, o que me incentivou a comprar um kit mini estufa de aprendizado para cultivar ervas e temperos. Parecia didático. Parecia prático. Parecia fofinho. Por que não?

Sernaiotto---Mini-Estufa-para-Temperos-2

Continuo não me achando capaz, mas acho que jardinagem é uma coisa que a gente aprende na prática. O kit continha instruções, sementinha, vasinhos, terra. Quer mais moleza do que isso, Lominha? Não tinha muita esperança de que alguma coisa brotaria desse meu ato impulsivo de gastar R$37 em manjericão, salsinha e cebolinha – até que me surpreendi comigo mesma!

Sernaiotto---Mini-Estufa-para-Temperos

Sernaiotto---Mini-Estufa-para-Temperos-3

Todo dia, antes de ir trabalhar, eu abria minha janela e colocava a estufinha para pegar sol – após regar, uma a uma. O ideal é manter a terra molhada, mas não ao ponto de vazar água por baixo. Fiquei preocupada: o manjericão brotou rápido e cheio. A cebolinha, brotou bem depois, com uns galhos pequenos. Mas KD salsinha? :(

Depois de 9 meses uma semana você vê o resultado: meus primeiros brotinhos apareceram bem pequenos, tão lindos, que me fizeram entender todo o conceito da gíria brotinho (de uns anos atrás, crianças).

Apresento-lhes o meu manjericão com 7 dias de vida:

Sernaiotto---Manjericao

A instrução era: depois dos 7 dias, replantar em um vaso maior. E o medo de tirar essas coisinhas do vaso e quebrar tudo? Com ajuda de mamãe-sernaiotto, me aventurei: comprei terra, comprei vaso e transplantei. Continuo colocando na janela todos os dias, mas eu acho que fiz caquinha.

De todos, apenas a salsinha (aquela safada) está crescendo. Manjericão estagnou do jeito que estava e a cebolinha está tão mixuruca, que eu acho que partiu dessa pra uma melhor. Fico me perguntando onde foi que eu errei, mas não vou desistir. Ainda quero plantar alecrim, hortelã e erva cidreira. Vamos acompanhar!

Sernaiotto---Platinhas

Sernaiotto---Platinhas2

Sernaiotto---Manjericao2

A minha intenção, além de transformar a minha casa em uma floresta, é fazer vasos fofinhos (e clean, adoro vaso branco) para poder colocar as futuras plantinhas – tipo esse da Adri. Além disso, também estou doida para colocar umas flores pela casa em mason jars – só temos o probleminha da água X dengue! :(

Criei um board no Pinterest super recheado de terrários (minha meta de vida montar um) e jardins de inverno – para inspirar e deixar os meus dias mais leves.

Me diz, você planta alguma coisa? Tem alguma dica para a novata aqui?

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Adorei a sua estufinha muito muito
    Quero muito fazer uma desde que me mudei
    só consegui fazer um mini jardim em uma churrasqueira em forma de carrinho na varanda até agora.
    Vou comprar pra cuidar na cozinha.

    Também quero uma casa floresta. acho que as plantas e os animais trazem muita vida e alegria para o lar <3

    • eu vi o seu jardim e achei puro luxo, na churrasqueira HAHAHA
      essa estufinha eu comprei no Pet Center do Litoral Plaza, 37 reais :) tem de vários tipos: ervas, chás, flores e pimentas! tô doida pra criar meu jalapeno e minha malagueta, mas meu medo são os cachorros comerem :/
      bjos!

  • Morri de rir com esse post Lominha! hahahah Adorei! :)
    Eu sou péssima com plantinhas, comprei as suculentas pois diziam que era bem fácil de cuidar! Mas descobri que não era assim tããão fácil….. (ou eu que sou muito desajeitada com essas coisas) Metade das minhas suculentas partiram dessa pra melhor, mas eu vou insistindo, uma hora eu pego o jeito né?!
    Beijo!

    • Suculentas estão na minha lista, junto com terrários!
      Morro de dó porque não tenho o jeito, mas acho que a gente só aprende tentando HEHE
      Boa sorte para nós! <3

  • Oi, Loma! Nossa, achei tudo bem lindo e náo acho que seus filhotes estejam com problemas de crescimento, não, olha o tamanho do vaso que vc plantou! Talvez a cebolinha, ok… Mas vc tá muito de parabéns msm! Eu tb sempre planto temperos, frutas, plantas ornamentais, árvore e…posso de falar?! Não é sempre que sobrevivem, não! A minha taxa de mortalidade gira em torno de 20% para plantas em geral e 10% para árvores. E faço isso há 10 anos. E ainda não sou nem perrto de ser expert… acho que no fundo tudo gira em torno da dedicação a elas ( regar, podar, tirar mato…) e ao respeito a sua natureza, tipo plntas de sol ou de sombra, mistura adeuqada da terra, etc. O resto são fatalidades. O principal motivo pelo qual eu mato as plantas (incluindo 2 dos 5 terrários lindos que fiz há 3 meses foi excesso de regas. Sério, cuidado com isso, apodrece as raízes. Parabéns mil vezes, adoro seu blog! bjão!

    • Mas gente, quanta dica útil num comentário só! Confesso que fiquei assustada, pois é bem mais complicado do que eu achava que era, mas ao mesmo tempo me motivou pra caramba! Obrigada <3

      Acredito que matei a cebolinha pelo excesso de água, eu regava todo dia, agora estou regando dia sim, dia não.
      Mas pelo visto, ainda vou assassinar muitas filhotes antes de eu pegar o jeito - me sinto malévola! HAHAHA :/

      Obrigada pelo comentário iluminador! Beijos!!

  • Minha vó planta trocinhos no quintal de casa – salsinha, cebolinha, erva cidreira e alguns outros, e tem uma árvore pequena de pitanga, uma de alguma coisa que esqueci o que é mas quase nunca dá certo e uma de fruta-do-conde. Não sei se ela faz alguma coisa além de tirar o matinho em volta dos temperinhos, mas vou perguntar. E acho que tem um cantinho no quintal com morangos, mas não sei se serão “comíveis” quando for época – meus gatos gostam de usar aquele cantinho de banheiro, de vez em quando.

    Minha vó também fica louca quando os gatos tão passando mal porque eles correm pro quintal e comem alguns dos trocinhos. Pelo que ela me disse, eles sabem exatamente quais os trocinhos que podem comer dependendo do que precisam – vomitar ou acalmar o estômago. <3 gatos <3

    • A cachorrinha da minha irmã come folha de boldo – que é super amarga – quando o estômago dela tá ruim. É ruim pra caramba, mas é incrível como eles sabem que faz bem! Ai passa logo e ela fica boa HAHAHA vai entender

  • Ahh que fofas suas plantinhas!
    Eu sempre tive vontade de plantar mas me sinto como você, não sou capaz de cuidar nem de mim imagina dessas plantinhas. Mas um dia tomarei coragem de cuidar delas são muito fofas e dão um ar lindo para a casa.

    • O que me motivou foi a estufa de aprendizado. Pensei: não tem como dar errado, né? Até que deu AHAHAHA Mas tudo bem, a gente vai tentando até acertar ;)

    • É terapêutico, uma graça ver as plantinhas crescendo! Eu tô amando e recomendo, dá uma vida pro ambiente e você se sente bem pra caramba ;)

  • Awn que gracinha, Loma. Fiquei encantada com os vasinhos pequenos e as mudinhas. *-*
    Já pode dizer que se sentiu inspirada e tentar copiar a ideia? Hahaha.
    Sempre quis uma mini horta em casa, mas não sei se daria muito certo comigo… Outro dia comprei uma flor LINDA, mas a danada morreu no quinto dia. Lendo os comentários aqui, acho que foi por excesso de água, tadinha. :(
    Minha mãe tinha uma floresta em casa – e isso sem quintal, viu? Eram diversas plantas e flores, que ela é simplesmente apaixonada por orquídeas. Se tem uma coisa que ela sempre me fazia era adubar as plantinhas com casca de banana e casca de ovo. Para ela dava muito certo, talvez você possa tentar.

    Boa sorte com suas plantinhas. Quero ver como ficarão depois de um tempo. :)

    • A gente só aprende tentando, viu? E esse kit de mini estufa ajuda pra caramba, eu recomendo! :) Valeu pelas dicas! Vamos acompanhar hehehe

  • Loma!!!! Morri!
    Quero uma mini estufa! hahah
    Sou louca para plantar temperos na sacadinha (moro em prédio) e ainda não criei coragem :(
    Um terrário também está na minha meta :P
    Sorte pra nós!

  • Adorei sua ideia loma,
    Antes de cursar publicidade eu fiz 3 anos de agronomia haha, mas ai fui chamada pela comunicação. Então, é bem aquilo que a moça do comentário lá de cima falou, você tem que tomar cuidado com a quantidade de regadas, uma por dia eu já acho ótimo, e ao invés de deixar elas na janela, c pode deixar em um lugar que pegue sol, mas não tão diretamente, porque algumas delas gostam mesmo é de uma sombra hahaha, você pode tentar usar um adubinho orgânico nos vasos maiores, tipo cascas de legumes e frutas, é só deixar secar, triturar um pouquinho e jogar por cima, é mágico!
    Bjão e boa sorte com as plantinhas =)

    • não conhecia essa do adubo, obrigada! vou tentar com as novas filhotes porque essas minhas se foram: a cachorrinha da minha irmã destruiu todas, no dia que esse post foi ao ar :( mas não vou desistir! bjos

  • Ah, Lominha! Eu sou do tipo que mata CACTOS! De verdade! Esses dias até comprei um vaso de Aster, li na internet como cuidava, fiz tudo conforme manda o protocolo, mas apesar de ter durado um pouco mais (cerca de 20 dias), acabou morrendo. Será que deu devia ter trocado de vaso? Não sei.

    Meu sonho também é ter uma floresta em casa, mas com esse dedo preto, está difícil!
    Boa sorte!

  • Que coisa mais querida essa idéia!

    meu namorado sempre tenta plantar, usa gavetas de estufa, uma loucura hahaha, mas as vezes dá certo!

    Tentarei buscar esse kit aqui em SP, será que esse tempo frio+sol ajuda em algo?

    Quero chegar um dia nessa vibe da sua vó, plantar para me alimentar, minha última e única experiência foi plantar feijões no algodão com 7 anos… já é alguma coisa né? hahaha

    tomara que dê certo os seus e depois compartilha sua arte nos vasos <3

  • Na minha casa tem, mas é pq meu pai cuida delas, contudo eu não sei de NADA.
    Acho muito lindo ter um “floresta” em casa, deixa o ambiente mais bonito.
    Não acompanhei o crescimento delas,, amo quando você posta as fotos, são tão fofinhas…e elas são muito delicadas, a cada surpresa da natureza, mudanças de temperatura, correm o risco de morrer ; (