ORGblog 18: comente, comente, comente!

ORGblog é uma série de posts que tem como principal intuito auxiliar na organização do seu blog. Os posts vão ao ar semanalmente em formato de tarefas e aqui nessa página você encontra o índice e todas as informações sobre o projeto.

sernaiotto-orgblog-18-comente

Sei que não é nenhuma novidade para muitos de vocês, mas existe muito mais por trás de um comentário e gente vai entender essa importância toda agorinha!

Já baixou o aplicativo do blog? Baixe no seu Android ou iOS e receba dicas exclusivas para o seu blog direto no celular.

Se você é um blogueiro de longa data, aposto que soltou um “pfffft” pra esse post: comentar em blogs por ai é uma arte milenar que era muito respeitada nos primórdios da blogosfera. Ninguém pedia comentários, eles vinham por amor, carinho e camaradagem. Por sinal, o que aconteceu com a velha e boa camaradagem? Deixando o papo de vó pro lado, você conhece a real importância de um comentário? Você vai me responder que sim e que ela consiste em uma troca básica, o famoso “passa no meu blog também”. Você está certo e está errado.

Essa real importância pode ser dividida em vários itens e a troca de links é um nome bem superficial para algo muito maior, muito mais profundo e muito mais amorzinho: link building. Ele é apenas uma das razões pelas quais você deve comentar.

Comentar valoriza as pessoas – e o que elas escrevem

E esse era o verdadeiro sentido da blogosfera de raiz: valorizar. Naquela época, a gente valorizava os layouts feitos no paint, o blog das meninas que faziam layouts, o post cotidiano e bobinho das amigas online. Era tudo uma questão de demonstrar que você estava ali, do lado, dando o seu suporte e o seu tempo. Acessos não significavam nada: ter o seu dia a dia lido – e comentado – era muito importante. E comentar em blogs gerava mais do que tráfego, gerava grandes amizades de anos. As pessoas debatiam sem medo – e com muito respeito.

Comentar significava valorizar o que o outro fazia – sem exigir nada em troca.

Já parou pra pensar que, se você comenta um post que lhe interessa, de coração aberto e com vontade, o blogueiro pode se sentir obrigado a retribuir o seu carinho? Isso se dá por uma regra básica do networking: faça um favor por alguém sem que essa pessoa precise e sem exigir nada em troca e você terá alguém disposto a fazer algo por você. Mas a gente vai falar MUITO mais de networking em breve. <3

Comentar valoriza você mesmo – e o que você escreve

Essa daqui pode parecer confusa. Lembra do link building? Ele funciona assim, falando em poucas palavras: quando uma busca (oi, Google) vai te rankear, ela analisa muitas coisas sobre o seu site – dentre elas, a qualidade do seu conteúdo e a quantidade de sites bons que linkam para você. Sabe o Sunday, Bloggy Sunday aqui do blog? Se o seu link aparece aqui, significa que existe um blog de 5 anos de idade, com pagerank 3 linkando para a sua página – ou seja, seu conteúdo deve significar algo.

Calma, não estou dizendo que sou a rainha da sucata. Mas, ter um site linkando para você diz para o Google que a internet assina em baixo do que você faz. De nada! Quando você comenta em blogs ou sites, seu link está ali – e é ai que fica o pote de ouro.

Mas perai, existem muitos sites que utilizam o recurso “nofollow” no campo URL dos comentários, o que quer dizer que esse site “não assina em baixo” do link que está sendo publicado ali. É uma forma de dizer ao Google, através de código, que você não recomenda os endereços publicados através dos comentários.

Sabe aquelas empresas que pedem para você linkar “dofollow” em um post patrocinado? Elas estão pedindo que você assine em baixo do site delas – pagando para isso. O Google considera isso errado e caso descubra que você está recebendo dinheiro para indicar links, seu blog é banido das buscas. Ou seja: anunciou? Nofollow nele!

Por sinal, seria muito legal se vocês estudassem mais sobre “nofollow” e “dofollow”. Para constar: a minha link party é “dofollow”, ou seja, eu recomendo a visita aos leitores e o link ao Google – por isso que eu aprovo. Pode me abraçar agora! <3

Não esqueça de compartilhar, né? Ah, e comentar também – sua tarefa de hoje é comentar em 10 blogs diferentes! ;)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Loma, eu aaaamo o ORGblog, foi com a ajuda dele que eu e minha irmã colocamos nosso blog no ar. Gosto da maneira simples como você escreve, esclarecendo nossas dúvidas (e muitas vezes, apresentando coisas que eu nem sabia que existiam!), mas gosto principalmente porque você tá na blogsfera desde a época em que os blogs eram diários pessoais e você lembra disso e valoriza. Obrigada por dedicar seu tempo e seu conhecimento pra nos ajudar. <3

  • Adoro estes posts e acho que toda explicação sobre este conteúdo é válida, por isso, com certeza gostaria que se aprofundasse mais nas especificações que o rodeiam.

    Adorei o post e parabéns.

  • Ah a época em que as pessoas comentavam por amor…
    Hoje, tenho notado, o pessoal só comenta em post de blog famoso pra ver se o(a) blogueiro(a) famoso(a) responde… (afirmo porque vejo comentários às vezes de uma linha sem nada mesmo, nesses blogs.)
    Mas mesmo assim aparece gente querida pra dar um alô no meu hahahha amo.
    Faz sim post sobre dofollow e nofollow!!! SEO nunca é demais e eu amo ler sobre issk aqui porque sempre entendo melhor :3

  • Waa~ era um dos assuntos que eu mais queria saber!!!
    Assim como a Yoko, quem comenta no meu, são gente bem querida, que, mesmo nao sabendo direito sobre o assunto, sempre passa pra dar um oi. :3
    Confesso que teve comentário que deixei de responder porque seria fazer a pessoa ganhar fama em cima dos outros (sabe comentário muito infame, que te fere? Sei que deveria responder a altura, mas achei melhor deixar pra lá).
    Tive uma época que eu gostava de comentar nos blogs que eu frequentava. Mas infelizmente, teve um que eu gostava de comentar todas as vezes que ela postava algo novo, porque eu gostava do que ela escrevia. Mas por causa de um anonimo que começou a avacalhar todo mundo que comentava, inclusive a mim, eu fui banida de lá e não posso mais comentar (se eu comentar, a dona do blog apagava).
    Mas a vida continua.

    Estou amando essa série que está esclarecendo muitas duvidas (nao somente minhas, mas de muita gente) <3

    Beijao!

    • Kiyo, como tem gente que adora acabar com a alegria alheia, né? Mas fica a dica: comentário hater, nem aprova. Até pq, vc não é obrigada! HAHAHA Beijos

  • Caracas, eu estava comentando com uma amiga sobre isso acredita?
    Olha vou ti contar que isso vem me deixando chateada esses tempos hoje dias os comentários não passam disso “Oi, passa no meu blog” e não sabem que o comentário é importante pra o dono do post e para si mesmo. Mas, eu nem posso falar muito que demorou para que eu pudesse entender a “arte de comentar” e hoje posso dizer que ainda sim prefiro 5 comentários com conteúdo do que 15 sem conteúdo.
    Adorei o post!

  • Adorei o post, mas confesso que tenho dificuldade com isso. Obviamente nunca faço aqueles comentários: “Legal o post. olha o meu blog!”, mas sempre que entro um um blog pela primeira vez fico com receio de comentar, afinal eu nem conheço aquela pessoa… Bobeira minha, né?
    Acho que isso é traço da minha personalidade, quando eu te conhecer um pouquinho melhor começo a conversar com você, ok? kkkkkkkk
    Vou trabalhar isso.
    Beijos,
    P.s.: Você não linkou esse post na pág, do ORGBlog (http://sernaiotto.com/orgblog/). bjs

    • Mas não é errado não comentar. Eu deixo de comentar em muitos blogs ou posts pois não sinto afinidade ou sinto que não tenho nada útil a acrescentar. Isso vai de cada um mesmo. Eu, pelo menos, tento dar um share ou like no post pra dizer: ó, gostei. HEHE É o meu jeitinho!

      Ps – eu sei que não linkei, na verdade, depois que lancei esse post, acabei “abandonando” o blog por alguns dias, devido ao tempo mega escasso. Veja bem, estou te respondendo apenas hoje, o que é raro acontecer. Sorry! Mas vou providenciar, fique tranquila. ;)

      Bjos

  • Nossa, achei esse posts simplesmente sensacional, estava exatamente pensando na qualidade dos comentários quando abri seu blog. Hoje em dia comentar nos outros blogs está se tornando apenas uma forma de ‘divulgação’ e é por isso que eu não concordo com aquele sistema “comenta no meu blog que eu comento no seu”, eu acho que o meu comentário tem que partir de boa vontade em um post que eu realmente tenha achado interessante assim como o contrário. Esse post devia ser obrigatório pra quem é blogueiro :D
    Adorei, beijos!

    • poxa, obrigada! fico feliz que o post levou a reflexão e que concordamos nesse quesito! por sinal, obrigada pelo excelente cometário! <3 bjos

  • Oi loma ^^
    Realmente, comentar um post é muito importante, e da aquela sensação de “poxa, alguém gostou do que eu escrevi” e isso acaba sendo o combustível do blog. Mas confesso que tenho algumas dificuldades em comentar alguns posts, as vezes você lê, e aquilo não te instiga a dar uma opinião sincera, e comentar algo construtivo, dai pra não colocar ” adorei o post” prefiro não comentar.
    Mas prometo que trabalharei nisso hihihi.
    Bjão

    • Eu deixo de comentar em muitos blogs de amigas pois às vezes algum post não me apetece ou eu não tenho nada útil a dizer. Quando isso acontece, eu costumo dar um like ou compartilhar no twitter. É minha forma de dizer: hey, eu li, curti, mas não tenho nada a declarar.

      Comigo funciona assim. Cada um tem um jeito. Inclusive eu já falei em algum ORGblog sobre o fato de muitas blogueiras não chamarem o usuário para a ação, não dando abertura a comentários. ;)

      Beijos!

  • Sou dessa época em que as pessoas comentavam nos blogs porque gostavam e queriam fazer amizades.
    Sempre que posso passo nos blogs que gosto pra deixar um comentário, porque sei que importa quando alguém comenta sobre algo que você escreveu e não só um “legal, passa no meu blog” sem nem ao menos ter lido.
    E a tarefa de hoje tá quase pronta, comentei em alguns blogs já. hahaha xD
    Beijooos

    • Eba! HAHAHA
      O mais legal é que comentando nesse post, você já fez a tarefa!

      Adoro blogueiras roots que entendem o verdadeiro sentido dos comments <33333

  • Eu costumo comentar apenas em blogs que eu tenho grande afinidade, pra conseguir dar uma opinião sincera do assunto e não parecer que sou apenas mais uma querendo apenas divulgar o link com um “adorei, beijos…” rsrs.
    Eu não sabia sobre o no follow! Que interessante! Estou sempre aprendendo alguma coisa aqui no blog ♥
    Beijos!

  • Eu sou blogueira dinossaura auhua comento nos blogs sim, mas de coração e geralmente são retribuídos sim, outros podem não comentar por causa do servidor onde está o blog, wordpress e blogger têm seus cativos. Mas sei que tem pessoas que visitam todo o santo dia, mas só resolvem aparecer qdo algum post realmente o comoveu.

    Boas dicas!

    Kisu!

    • Obrigada! Claro que comentar vai de cada um, mas eu considero muito importante, como valorização. Lógico, se não há nada a declarar, fica quieto, né? hahahaha bjos

  • Oi Loma! <3

    Sou super fã do #ORGBLOG então nem tenho muito o que falar sobre o projeto que é demais.
    Sobre comentar, sempre achei muito importante, nem muito pelo link building mas pela consideração com que publicou, pelo fato do esforço e dedicação do blogueiro.

    Quero vídeo! <3

    Beijos

  • Lominha, me sinto tão intima sua, ainda que não nos conhecemos presencialmente, mas saiba que você tem sido uma pessoa fundamental para mim nos últimos 7 meses.
    Desde pequena tenho super vontade de montar um blog e hoje aos recém completados 19 anos ele está sendo gerado com muito amor e carinho. O assunto, comunicação social como um todo, uma pegada bem diferente e não tem nenhum blog deste estilo aqui onde moro.
    Não posso esquecer de me apresentar, sou de Salvador mas a 2 anos moro em Natal. O mundo da comunicação se faz presente em minha vida desde que me entendo por gente, é uma questão de vocação, se é que me entende, nunca imaginei meu futuro profissional como médica ou advogada. Hoje, faço o que sempre sonhei, curso o terceiro período de Publicidade e Propaganda e cada dia que passa, amo mais e mais.
    Voltando ao assunto, decidi criar meu blog que abordará todo esse meu mundinho e até o final do ano ele estará no ar, estou cuidando dele com muito carinho, para que saia a minha cara! Desde o início ainda muito perdida sobre o que fazer, buscava blogs e sites que me ajudassem em tudo que eu precisasse relacionado a blogsfera. Você e o Henrique do ”Viver de Blog” foram e são essenciais (diariamente), para o planejamento de cada detalhe do meu ”filho virtual”.
    O meu comentário pode parecer estranho, pois o post acima, não tem nada a ver com isso. Engano! ”Comentar valoriza as pessoas – e o que elas escreveram”. Estou aqui para lhe parabenizar pelo excelente trabalho, não sei se você tem noção quantitativa das pessoas que tem problemas solucionados, com o seu help! Tenha certeza que é um número significativo.
    Que você continue sempre doando carinho e amor por este projeto.
    Quando o meu blog estiver pronto, com certeza irei lhe mostrar, sua opinião é muito importante para mim :D
    Obrigada pelo conteúdo de qualidade, de sempre!
    Grande beijo,
    Lari :)

    • CHOREI <3

      Boa sorte no curso, me formei em PP e não foi fácil. HUEHUE
      Agradeço pelo carinho e fico muito (mas muito mesmo) feliz que o blog esteja te ajudando com esse seu novo projeto. Se pintar qualquer dúvida, só gritar por aqui. E eu vou querer ver o seu "filho" quando for lançado, hein?

      Obrigada pelo comentário, foi lindo e faz todo o meu tempo investido no ORGblog (MESES!!!!) valer a pena! hehe

      Bjos! ;)

  • Loma, nem preciso comentar aqui que estou amando essa serie de post do Orgblog. Muitas dicas postadas eu já fazia intuitivamente, outras eu não conhecia e passei a colocar em prática; e tantas outras que ainda não consegui ler por falta de tempo.
    Hoje cheguei aqui pelo seu post lá na página do face e vim conferir.
    Não sei como será nossa vida, quando essa série acabar.

    P.S.1: faz o post sim sobre o dofollow e o nofollow, quero aprender um pouco mais sobre.
    P.S.2: não esqueci que estou devendo um e-mail.

    Beijos

    • Gata, sinto a maior consciência pesada por causa do meu problema com a caixa postal. Quando puder, me dá um toque que eu pago o envio, viu? <3

      Fico muito feliz que vc curte o ORGblog e que conseguiu colocar algumas coisinhas em prática. Obrigada por acompanhar e MUITO obrigada pelo comentário motivador <3 Beijos no coração!

  • Com essa onda do boom dos blogs, jabá e tudo mais, parece que a prática de comentar ficou esquecida. Eu sempre achei que é uma das coisas mais interessantes de ser blogueiro, até porque, não vejo muita graça de você postar no seu sozinho e não visitar outros, quando tem muito conteúdo legal por ai.
    É importante valorizar o que o outro escreve, quando em muitos casos demanda um grande tempo.
    Eu adoro receber um comentário quando você percebe que a pessoa realmente leu, se interessou. E vamos combinar que aquela coisa de “oi, tudo bem? amei teu blog!” já tá mais old que fotolog.
    Essa tag é muito legal e criativa, parabéns! :D

    • Concordo com tudinho que vc comentou! Mas olha, vou te dizer, essas pessoas lindas que chegam aqui no ORGblog, como você, me dão orgulho demais! Obrigada por acompanhar e muito obrigada pelo seu comentário <3

  • Loma, eu conheci recentemente essa série sua ORGblog e desde então venho lendo todos os posts antigos simplesmente porque eu adoro a sua maneira de falar e todos os assuntos abordados são muito interessantes! Parabéns mesmo, viu?

    Adorei esse post! Realmente, é uma pena, mas parte da essência de se comentar em um blog se perdeu quando as pessoas perceberam que blogar podia se tornar uma profissão (extremamente rentável). Não que eu ache isso errado, de maneira nenhuma, acho que se você faz um trabalho bacana e de qualidade, contando de todo o tempo que você usa para realizar essa tarefa, o mais justo é que você ganhe por isso se quiser! Mas acho que antes, lá no início da blogosfera, as coisas não eram assim, não. As pessoas blogavam porque amavam compartilhar a rotina e as coisas das quais gostavam. A gente criava laços de verdade, com pessoas que realmente se importavam com você não com a quantidade de likes que você recebia. Hoje em dia, eu conto nos dedos os comentários verdadeiros que recebo no blog, no facebook e etc. É tanto “me segue que eu te sigo de volta?” que, olha… é triste.

    Mas, sabe, no meio disso tudo ainda tem gente que carrega essa velha blogosfera nos ombros. Tenho tantas leitoras fofas que me acompanham diariamente, comentando, curtindo e interagindo de verdade….

    Mas eu também posso contar nos dedos os blogs com os quais eu realmente me identifico e admiro. São poucos, sim. Mas eu gosto de ter essa listinha, de tentar deixar pelo menos um comentário de vez em quando, quando a faculdade, estágio e todo o resto permite. (rs) É uma troca de carinho, um reconhecimento de todo o esforço que essas blogueiras fazem diariamente para levar o blog adiante, além de trabalhar fora, estudar, ter uma família… É.

    Enfim, parabéns pelo post e obrigada por toda a ajuda com os posts dessa série!

    Um beijo,
    Inara
    http://www.lerdormircomer.com.br

    • Olha, eu concordo! Mas acho que o caminho que a blogosfera tomou era inevitável mesmo. Ultimamente, as pessoas andam transformando hobbies em profissão e eu super assino em baixo: quer coisa melhor do que se sustentar fazendo algo que ama? Blogs, fotografias, design. O mundo está se tornando freelance e home office. Acho lindo!

      Acho que cada blog tem o seu nicho e cada nicho recebe um tipo de atenção específica, como os de moda, de viagens, de fotografia. Os pessoais ainda são aqueles blogs que vivem de: cotidiano e amizades. Acredito que o poder de um comentário é mover o blogueiro que tá ali, expondo sua vida e suas opiniões.

      Amei seu comentário e fico muito feliz que o ORGblog esteja ajudando!

      Conte comigo!

      Beijos <3

  • Me meti a ler os termos do Adwords e do Adsense e deu medo de tentar fazer um dos dois e dar coisa errada. Tu poder ajudar? Coisas como “como criar um anúncio no adwords” ou “como configurar o adsense” salvariam minha vida. ~exagerada, sim ou claro? ~.

    Brigada por tooda a ajuda que já deste.
    Beijão ;)

    • Vic, não me referi a criar anúncio, viu? Você pode fazer uma busca por palavras-chave no AdWords de forma totalmente gratuita – e que ajude seu blog na sbuscas do Google. Mais pra frente vai ter um post só sobre AdWords, viu? Quanto ao AdSense, tem MUITO tutorial bom pela webs, acho que se eu explicar fica repetitivo. Já quanto ao Analytics, vai ter uma edição do ORGblog exclusiva sobre métricas! Beijos <3

  • Tenho um blog há muito tempo, mas ficava naquela de escreve e para, escreve e para, troca layout, troca widget, e nunca estava satisfeito até que decidi procurar um bom designer que fizesse um layout pra eu amar. Deu certo e estou simplesmente amando! Claro que a gente sempre que mudar alguma coisinha, né? rs
    A questão é que meu blog é regional, falo sobre minha cidade e região, meu cotidiano e tudo o que rola na cidade de maneira “cool”. Por isso, é meio complicado as pessoas comentarem. Ninguém fala de um lugar que não conhece ou simplesmente fala “quero ir praí um dia”. Sei do meu risco que ter um blog de um nicho regional, por outro lado meu objetivo é me tornar referência por aqui, “tipo DOMINAR TUDO” haha… Outra coisa também é que 80% da blogosfera é de meninas falando de moda, corte e costura, e assuntos consideravelmente do universo feminino. Muitas vezes eu tento comentar, mas sempre digo a mesma coisa “gostei do post, vou mostrar pra minha prima”. Sinto falta de meninas que não escrevem apenas para meninas e sim para PESSOAS. Não que seja errado vc escrever para meninas, mas a maioria faz isso. Eu piro quando vejo um blog de menino, e me acabo nos comentários haha
    Enfim, quero dizer que essa série sua ORGBLOG é simplesmente FANTÁSTICA!!! Faço pesquisas diariamente para melhorar o meu blog e o seu conteúdo diz muita coisa que os outros não dizem! Virei fã da série e com certeza retornarei aqui! Parabéns!

    • primeiro: muito obrigada por acompanhar o ORGblog, fico feliz que ele possa te ajudar de alguma forma ;)
      segundo: expenda seus horizontes – eu conheço MUITO blog que não fala só para meninas, viu?
      terceiro: manda ver nesse seu nicho! a chance de vc crescer em um nicho menor é muito maior do que em um nicho grande :) e blogs editoriais, do tipo informativos (o que acredito ser seu caso) não rendem muitos comentários mesmo :) seus resultados serão medidos por pageviews, shares e tempo de visitação no blog…

      último e o mais importante: não blogue pelo nicho ou para se tornar referência, viu? crescer, obter leitores, ter engajamento e tornar-se uma referência são resultados de uma única coisinha, muito importante e simples: blogar por amor sobre algo que você tem paixão!

      beijos e boa sorte! ;)

  • Lomaaaa *-*
    Que post legal! Comentários são tão bons de serem lidos em nossos blogs, principalmente quando são feitos com muito amor e respeito. Não sei sobre os outros mas sempre que tenho tempo gosto de comentar em blogs pois acho que expor minha ideia para quem escreve também é muito importante, e por mais simples que seja, é melhor que nada hahaha
    Eu dei uma sumida pq esse semestre da faculdade quase me matou, mas relendo todos os seus posts que perdi ganhei ânimo pra tirar a poeira do meu bloguinho!!
    Beijos Loma, e se cuida <33

    • Resumindo bastante: toda vez que você linka alguém no seu site, você está assinando em baixo desse link e falando pro Google que você o recomenda.

      Tem empresa que compra links com essa finalidade (linkbuilding) – dessa forma, a troca de links por dinheiro é considerada ilegal e se o seu blog indica um site que tenha spyware ou seja malicioso, você é banida do Google por indicá-lo.

      Por isso, só linke sites em que vc confia e indica, de verdade.
      Muita gente recomenda que nos posts patrocinados seja usada a tag “nofollow” – dessa forma, vc divulga a empresa e seu serviço para os leitores, mas não assina em baixo do link dela para a Google, já que recebeu dinheiro para isso.

      Falarei mais sobre isso, com mais detalhes e exemplos. ;)
      Espero ter ajudado um pouquinho!
      Beijos!

    • Fico feliz que esteja gostando! Obrigada por acompanhar ;)
      Você não precisa colocar tudo em prática, use as dicas que se adaptam melhor ao seu blog e sua rotina!
      Qualquer dúvida, só comentar por aqui! Beijos <3

  • Oi Loma! Eu estou adorando, ou melhor, estou amando o ORGblog, as suas dicas são as melhores que eu já vi em todos os blogs que eu já visitei na minha vida, você sempre dá a dica do site certo ou o que fazer e não fazer. Parabéns pelo seu blog!
    Beijos!

  • Estava no grupo do Rotaroots e uma menina postou link p/ o seu blog. Confesso que pensei que era mais do mesmo, mas você explica tão bem tudo, que acredito que suas dicas irão me ajudar muito com o meu blog.
    Sou do tempo que fazíamos grandes amizades nos blogs, e recentemente voltei a ativa e sinto falta disso. Mais uma vez, obrigada pelas dicas ;)

  • Primeiro: um enorme obrigada pelo ORGBlog! Essa série incrível tem me ajudado muito com o Sem Formol. ❤ Obrigada pelo Sunday, Bloggy Sunday também. Sinta-se abraçadíssima.

    Segundo: fico mortificada quando percebo que nunca comentei num blog que acompanho e amo, ou que faz muito tempo que não comento… Essa troca é uma das melhores coisas da blogosfera, mas vejo que muitos de nós perdermos esse hábito. No meu caso, acho que a correria influencia muito e ler os posts no leitor de feeds ou offline no Pocket também. Mas tenho tentado mudar isso e esse post foi uma ótima motivação! Obrigada de novo. ;)

    • Olha, Dani, eu sei bem: leio muitos posts no Bloglovin ou pela tablet, então costumo comentar apenas no sábado quando eu visito os blogs para selecionar os links do SBS. Acabo esquecendo de comentar em muitos e me sinto péssima! HAHAHA
      Mas sabe, tem muita gente que compartilha nas redes ou indica o post, então eu vejo como uma forma de carinho equivalente ao comentário. É uma espécie de: olha, eu li, amei, tô contando prozamigo mas não tive tempo de comentar algo legal. Toda intenção é válida! HAHAHA
      Obrigada por acompanhar, viu? <33333 Beijos!

  • Olá! Preciso dizer que sou apaixonada pelo seu blog! Não o conhecia até bem pouco tempo atrás, questão de meses, e depois que conheci dou uma passadinha todos os dias pra ver se tem novidades, hehehehe ENtão, sempre quis criar um blog e foi pesquisando sobre isso que achei o seu blog. Obrigada pelas dicas! Bjão

  • Oi Loma!
    Olha, vou confessar que sou da época em que as pessoas comentavam por carinho e sinto muita falta disso! Eu ainda mantenho essa “estratégia”. Sei o quanto é importante para um blogueiro ver os comentários das pessoas que lêem e por isso, quando eu gosto, eu comento! Mesmo que não tenha retribuição… eu gosto, eu comento!
    Sinto falta desse passado que eu amava tanto. Amava os comentários… snif snif snif..
    Beijos e adorei o post!

    • Não apenas o comentário, né? Com o tempo, tudo acabou sendo desvalorizado: um post, uma fotografia, um design, um template. Hoje as coisas são fáceis e as pessoas não valorizam mais. Uma pena! :( Obrigada pelo comentário!!!! <333

  • Eu já tive trocentos blogs desde sei lá quando, quase sempre blogs pessoais. Fiz muitas amizades com gente que aparecia não sei de onde. Cheguei até a trocar cartas com algumas pessoas… Saudades disso.

    Hoje vejo blogs que admiro com tão poucos comentários, então deixei de me preocupar tanto com os comentários que recebo. Mas continuo comentando em tudo que curto. Tipo este post :-)

    Bjs!

    • Olha, eu acompanhei essa mudança e é um pouco triste, mas ao mesmo tempo a gente consegue ver como as coisas evoluíram: conheço gente (inclusive eu) que prefere curtir e compartilhar um post como uma forma de endossar e dizer: olha, adorei o seu conteúdo! Não é sempre que eu consigo comentar, mas quando comento também é um texto! hahaha
      Não é todo mundo que tem paciência e tempo para debater e comentar. Acho que o mais importante é o apoio e as amizades que a gente faz: minhas maiores amigas offline eu conheci pelo blog! Beijos ;*

  • Nossa, Loma, vendo você falar assim me bateu uma vontade de ter sido dessa era de Blogs, sabe?! Acho isso tão legal, admiro muito. Eu sempre que visito um Blog, seja de um blog que já amo e acompanho ou de uma leitora que deixou lá, faço como você, olho de cara o primeiro post, observo ele no todo, corro no sobre e aí comento e amo quando recebo retorno do meu comentário. Porque comentar em Blog que não se tem retorno é horrível, nem dá vontade de voltar, sabe?! Eu inclusive queria saber qual plugin você usa nos comentários, porque não assino anda e você sempre me retorna no email e eu venho te responder, rs. Ah! Nunca ouvi falar nesses tais “nofollow” e “dofollow”. Amei o post como sempre! Toda noite que chego do trabalho corro aqui para estudar o ORGblog, anotar tudo e colocar em prática. Tanto que meu Blog foi ao ar em abril, mas já fiz algumas mudanças e vou fazer mais, inclusive ano que vem. Quero ele mais limpo e clean, sabe?! Bjusss e obrigada pelas dicas e por ter esse espirito tão coloborativo Loma, tu é exemplo!

  • Se eu falar que quase não comento em blogs por “preguicinha” você vai parar de me amar? =/
    Adorei o artigo, me fez enxergar de outra forma nossas retribuições diárias no blog dos amiguinhos. Eu sempre deixava para depois, mesmo depois de ler o post inteiro. Mas o depois cai sempre no esquecimento e eu acabo não voltando mais lá.
    O mais engraçado disso tudo é que sou “burra velha” da blogosfera. Amava sair comentando em tudo que é blog porque eu amava a troca de carinho, de opniões… e eu fiz tantos amigos que até hoje me seguem virtualmente e na vida real também.
    Mas acho que o que me desmotivou durante esses últimos anos, foi encontrar o mesmo do mesmo por aí. Não queria comentar sempre no mesmo tipo de post. Acho que com o tempo fui ficando com preguiça disso tudo. =/

    Bom, vou lá fazer minha tarefinha de hoje que é comentar em 10 blogs diferentes!
    Ah! Vou correr para conferir os seus posts do link party! :D

    Beijokas Loma, e obrigada pelas palavras! <3

  • Eu já vi em vários lugares que comentar em outros blogs é muito importante, mas nunca liguei pra isso. Mas aí, me objetivar a comentar em dez blogs diferentes realmente funciona, já que enquanto não mandarem eu não ligo pra fazer (rsrsrs).
    Ótima dica Loma!

  • kkk amo seu jeito de escrever, é uma inspiração. Aprendo me divertindo. Estou aprendendo muito com seus posts e aplicando aos poucos no meu humilde bloguinho. O seu blog tb me motivou a blogar, estava, entre crises de enxaqueca, desanimada tb… mas enfim, realmente, obrigada por um conteúdo tão útil !

  • Oi Loma,
    tudo bem?
    E e mais 3 amigas estamos nos aventurando no mundo dos blog, kkk, queria dizer que estou amando seu posts, todos muito úteis e divertidos. Muito obrigada por compartilhar seus conhecimentos com a gente!!
    Ah, queria dizer tb que seu blog é lindoooo!!!!
    bjs
    Ana

  • É muito legal quando a gente lê sobre essas coisas e finalmente entende o porquê de fazê-las. Melhor ainda é notar que os “conselhos” tiveram um efeito positivo pra gente, hahahha.
    Fico muito feliz quando recebo comentários no meu blog. Tinha uma certa preguiça de comentar no dos outros, mas com o tempo passei a ler mais e assim, consequentemente, tecer alguns comentários.

    Beijo Lominha! :)

  • Nossa esses pequenos detalhes causam uma grande confusão na minha mente, essa dos comentários é novidade para mim, mas também fica uma dúvida, o link tem mais valor quando vem de sites com assuntos relevantes ou relacionados ao seu né? O Google cobra isso quando se trata de anúncios e outros links pelo site!
    Esse post foi realmente muito útil e interessante! Agradeço o trabalho :)

    bjs

  • Olá Loma, tudo bem?
    Primeiramente eu gostaria de dizer que eu te admiro muito, obrigada por compartilhar essas dicas tão preciosas para todas nós. Realmente a blogosfera é um lugar incrível, e tudo fica muito mais acolhedor quando alguém como você existe por aqui!

    Então, essa foi uma das primeiras coisas que eu aprendi ao criar o meu blog, e eu amo responder comentários, e claro conhecer novos trabalhos, novos textos, projetos e tudo mais de novas blogueiras. Sempre que eu posso, eu saio visitando novos blogs e espalho amor haha, gosto de contribuir com a minha opinião, dar sugestões, gosto de encorajar novas blogueiras, e claro conhecer novas pessoas e quem sabe né, criar amizades :)

    É muito bom receber comentários, respondê-los, e comentar nos demais blogs! Isso enriquece, isso nos motiva, e eu amo fazer isso! :) Beijos Loma, continue assim!
    Obrigada pelas dicas, e por tudo que foi dito nessa postagem! Amei mesmo, e o que eu não sabia, vou colocar em prática para seguir melhorando como blogueira.

    Blog Senhorita Deise

    Instagram

  • Eu concordo plenamente com o que foi tratado no texto. Fazer um comentário em um blog que nós gostamos é além de tudo gratificante para quem escreve como também deixa muito feliz quem o recebe. Claro que deve ter o maior cuidado… Faz tempo que acompanho blogs e sei o quanto as pessoas utilizam o comentário para pedir para seguir, para visitar o blog e assim por diante. É extremamente chato isso, mas isso não ocorre somente no universo dos blogs, mas também no youtube isso acontece.

    Estou dando uma olhada em seus artigos para aprender ainda mais sobre blog para poder aprimorar o meu… ótimo trabalho. um abraço.

  • Oi Loma
    Eu tento comentar em pelo menos 10 blogs todos os dias. Nem sempre consigo, mas tem dias que comento em vários blogs, ou vários posts de um mesmo blog, tipo aqui no seu.
    Acho que isso da retribuição, comentar por amor se perdeu muito. Aparentemente todo mundo quer competir, quer ser melhor que o amiguinho. Eu acredito que temos que ajudar os amiguinhos. A internet é grande e tem espaço pra todo mundo.

  • Olá! Venho fuçando o Blog há alguns dias e adoro o conteúdo que é colocado de forma simples, porque sempre leio quando estou no trabalho e no meio da correria é bom ter algo fluído e que inspira para ler! Eu tomei conhecimento do orgblog hoje e já estou ansiosa para começar, ainda estou montando meu blog, mas quanto mais a gente procurar informações melhor! Parabéns por possibilitar e disponibilizar conteúdo de tanta qualidade.