Uma carta para mim mesma há 10 anos

Eba, tem tema novo no Rotaroots! Dessa vez, devemos escrever uma carta para mim mesma há 10 anos atrás. Eu vi essa série de posts no Hypeness e achei muito interessante para ponderarmos como viemos parar onde estamos. Abaixo, você encontra a minha carta e se for lá no nosso grupo vai encontrar todos os lindos que estão participando. O que você diria para o seu eu 10 anos mais novo? 

[dropcap background=”yes” color=”#333333″]Q[/dropcap]uerida Lominha, não se assuste. Esse se tornará o seu apelido, por causa de um blog que você vai ter e cuidar com amor e carinho por anos. Tá confuso?

Nesse momento você tem 15 e nem tem um computador ainda. Você não faz ideia do quanto o mundo evoluiu nesses últimos 10 anos: o computador será seu instrumento de trabalho, seu hobby e sua forma de comunicação com as pessoas.

Você está noiva – foi mal, odiamos spoilers – e usa a internet para se comunicar com seu futuro marido. Tá vendo como essa geringonça é importante? Na verdade, seu trabalho atual só existe por causa do blog que eu citei acima. 

Você escolheu publicidade mesmo, mas olha: acabou fazendo letras depois. Essa sua indecisão veio comigo por todo esse tempo e eu realizei o nosso sonho de estudar na Unesp. Mas durou pouco, viu? Nós não somos muito fãs de cidades do interior, né?

Ah, toma cuidado com gente aproveitadora. Você está lidando com uma nesse momento e no futuro vai se arrepender bastante. Na verdade, muitas pessoas vão abusar da sua inocência e eu tenho uma certa raivinha por você não ter amadurecido muito cedo e ter me tornado essa eterna criança. Que saco!

Pode ficar brava, mas você tem 15 anos com uma mentalidade de 10. Mas eu não te julgo, pois atualmente a minha mentalidade é de 15. A gente tem esse medo de crescer, acho que precisamos trabalhar isso. Inclusive, já passamos por terapia e continuamos nessa eterna infância. Mas não se assusta: isso te faz uma pessoa muito criativa e que dá atenção aos pequenos detalhes da vida. Ser adulto é chato pra caramba!

Lá pros 20 você vai passar por uma fase complicada: as exigências vão te derrubar. Mas você vai ser forte, então não tenha medo, apenas fé. Não esqueça da fé, tá? É ela que vai te tirar de uns poços fundos de desânimo e você vai perceber que a vida é muito maior do que seus problemas. Vai por mim.

Com uns 23 tudo vai passar e você vai aprender a aceitar riscos – sempre com cautela, mas vai saber lidar melhor com tudo o que não for planejado. Essa sua mania controladora vai permanecer até hoje, mas tudo bem. Pelo menos nós somos extremamente organizadas – ponto pra você!

Vou te deixar umas dicas valiosas:

  • para de comer as baboseiras que a vó faz ou compra (as estrias serão permanentes e haja carboxiterapia, gata);
  • você vai fazer muitos amigos pela internet e, acredite, suas melhores amigas vão morar longe!
  • você vai continuar medrosa, então para de se julgar por isso – uma hora, você simplesmente vai lidar com esse medo todo e vai aprender a conviver com seus monstros <3
  • o esforço que você faz em prol de um objetivo ou pessoa não é proporcional ao esforço que as pessoas farão por você ou por seu objetivo, ok?
  • a vida vai ter dar uns limões, justamente quando você estiver com acidez atacada e desejando apenas uma água de coco – nem adianta ficar chateada
  • quando você finalmente precisar de limões, a vida não vai te dar nadica – e deal with it ^.~
  • quanto maior for a sua expectativa, maior será o seu tombo quando ela não der certo e, pela nossa experiência, 90% das expectativas nunca dão certo, ok? Contenha-se!
  • tudo o que você sempre sonhou, você vai alcançar – mas nem sempre no exato momento em que você deseja
  • confiar nas pessoas é preciso, então trate de começar logo porque eu me tornei uma pessoa desconfiada demais e SIM, eu estou culpando você!
  • ame e não julgue, você não é melhor do que ninguém!
  • faça seus dias memoráveis e dê 100% de você mesma em tudo o que fizer, a gente não vem com validade no fundo do pote e você vai perceber o quão frágil e simples a vida é (a gente que complica, viu? mas nem conta pra ninguém)

Lominha, a vida não vai ser fácil até os 25 e eu acredito que será pior daqui pra frente. Mas eu te digo uma coisa: tudo vai valer a pena, viu? Nossas experiências nos moldam no que somos e eu tenho muito orgulho do que nós nos tornamos. Parabéns!

Força ai e vê se para de escrever fanfic na aula de química :/
OBS.: o DiCaprio não ganhou nenhum Oscar até agora! 

Beijos,

Lominha, a de 25!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • “quanto maior for a sua expectativa, maior será o seu tombo quando ela não der certo e, pela nossa experiência, 90% das expectativas nunca dão certo, ok? Contenha-se!” pra vida! eu sou bem dessas que deviam parar de ter expectativas demais, logo me frustro na maior parte das vezes com elas! :/
    estava pensando nesse tema e toda vez que penso eu fico mais depressiva com o assunto.

    eu ri pra sempre do “o DiCaprio não ganhou nenhum Oscar até agora! ” HAHAHHAHAHAHAHHAHAHA LOL

    • nem adianta ficar depre, né? só saber controlar melhor as expectativas! ser positiva, mas com um pé no chão e preparada sempre pra um plano B hehe <3

  • eu adoro isso de escrever cartas pra eus mais novas/velhas. cheguei a escrever uma carta pra colocar numa cápsula do tempo e ler quando fosse mais velha… mas não consegui terminar (típico haha). acho que escrever pra nossas “eus” mais novas dá uma sensação de achievement incrível, poder contar tudo o que já aconteceu, as coisas que deram certo e tal. e a sua ficou bem legal, Lominha! <3

    • essa carta foi um exercício delicioso pois, além da sensação de achievement, eu também pude me lembrar de todas as minhas expectativas quando tinha 15 e perceber que minha vida guinou para rumos muito diferentes… adoro isso! <3

  • As dicas que você deixou para a Lominha de 10 anos atrás, servem para todo mundo, viu! <3 Achei esse trecho lindo: "faça seus dias memoráveis e dê 100% de você mesma em tudo o que fizer, a gente não vem com validade no fundo do pote e você vai perceber o quão frágil e simples a vida é". Tô quase imprimindo e colando na parede! hahaha
    Beijos

  • auiheuihauiehuiehe ri do comentário acima!!!

    “e o DiCaprio não ganhou nenhum Oscar até agora!”

    kkkkkkkkkkkkkkkk

    Ai Lomita, que linda sua carta. Dá pra ver muito de você nela. <3 <3
    Obrigada por sugerir esse tema, eu amei fazer a minha. Parece que a gente faz uma regressão ao passado e enxerga que no fim, nem foi tão ruim assim né? xD

    Um beijão!

    • a gente sempre olha pra trás pensando no que deixamos de fazer ou no que fizemos errado, mas se vc olhar pra si mesma com os olhos do seu passado, vai sentir é orgulho de onde está e das decisões que tomou :) é uma questão de perspectiva ^.~ hehe beijos

  • “Ah, toma cuidado com gente aproveitadora. Você está lidando com uma nesse momento e no futuro vai se arrepender bastante. Na verdade, muitas pessoas vão abusar da sua inocência e eu tenho uma certa raivinha por você não ter amadurecido muito cedo e ter me tornado essa eterna criança. Que saco!”
    Bem minha cara.
    Adorei esse tema, a gente conhece não só um pouquinho dos outros, mas também acaba se descobrindo. Amei participar :)
    Beijo

  • Aaameii! Parece ate que voce escreveu para mim aos 12! rsrsrs
    Amei a carta, e tem t-u-d-o a ver comigo. Acho que vou roubar o tema e fazer uma pra mim também.
    Agora ta faltando mandar uma para daqui a dez anos, ne não?!
    Ri demais do DiCaprio kkkk Essa foi boa! ;)
    Beijos

  • Oh God! Não estou sabendo lidar com essas cartas lindas e emocionantes <3
    A minha ainda está no rascunho, pq sinto que estou esquecendo de me dizer muitas coisas, rs

    PS: Morri de rir com o PS do DiCaprio rs

  • Perfeito Lominha!
    Adorei e quero (tentar) fazer a minha! – indecisao em pessoa.
    Eh mto bom a gente olhar pra tras com orgulho do que passou, seja bom ou ruim, enxergando que tudo foi pro nosso crescimento.
    E olhar pro hoje, mais leve, mais confiante!
    A vida DEVE ser simples e levada do melhor jeito possivel.. independente das nossas escolhas ;]
    Deu vontade de ter te conhecido pessoalmente ha 15 anos atras.. rs

    Beijos!

    • olha, vc me conheceu hoje e é a mesma de 15 só que aprimorada! HAHAHA
      faça esse post sim, é um exercício maravilhoso de reflexão <3
      beijos

  • Me ensina a conviver com esses monstros, porque eu tentei arrancar os medos da minha pessoa de 10 anos atrás a fórceps, hahaha

    Adorei a carta e principalmente o final. Pobre Lominha do passado, vai levar esse balde de água fria de todos os não-Oscar do Leonardo DiCaprio na cabeça!

    beijo!

    • a partir do momento em que vc assume que não tem como se livrar dos medos e que sentir medo te faz humano e normal, vc vai aprendendo a lidar com ele :) não é uma tarefa fácil, mas um exercício diário que acaba te fazendo mais forte! boa sorte <3

  • Aim, que tema lindo!
    Muito bonita sua retrospectiva. Leio com vontade que fosse um filme, e a Paloma de 15 anos realmente pudesse ler e quebrar menos a cabeça com coisas desnecessárias – e ter sofrido menos. Eu, mais medrosa e desconfiada do que sempre fui, vou me aproveitar de algumas dicas e tentar levar pra minha vida, hehe.
    Beijão.

    • não sei como a Lominha de 15 lidaria com tanta informação, mas seria engraçado receber uma carta do futuro… ela provavelmente não acreditaria e desconfiaria que alguém a estava trollando HAHAHAH beijos

  • Quanto mais eu leio as cartas dos blogueiros mais me identifico com todos! ~.~
    Sinto que meu planeta é mesmo aqui na web!
    Minhas amigas, as melhores estão todas longe e ao mesmo tempo perto por causa da tal geringonça! rs…
    O lance de Di Caprio… ai que dó! rs.
    Adorei a sua cartinha!

  • Loma, também escrevi minha carta!

    http://www.eracilada.com.br/2014/03/uma-carta-para-meu-eu-de-10-anos-atras.html

    É unânime a parte do DiCaprio, ri muito quando li! Engraçado como a gente se importa com tanta besteira quando é novinha, né. Ia ser tão mais divertido se a gente aprendesse desde cedo que não tem o controle de muitas coisas, então o melhor é deixar acontecer…

    Eu acho que eu conheci o Rotaroots aqui no seu blog. Adorei o grupo, fui muuito bem recebida por lá. :)

    • acho que comentei na sua carta, né? é que atrasei tanto a resposta dos meus comentários :( sorry!
      fico feliz que conheceu o Roots por aqui hehe <3 eta grupo maravilhoso!!!

      • Na verdade, a ideia foi copiada pelo Hypeness também, Loma. Se você procurar por “letter to my teenage self” vai encontrar referências mais antigas do que os posts do Hypeness. ;)

        Eu mesma já tinha feito uma carta semelhante no meu blog no ano passado, pegando ideia de outros sites que vi fazendo igual.

        A sua carta ficou show! É um exercício tão bacana, né? E acho que se certa forma até nos tranquiliza quanto ao futuro, sabendo que as coisas acabaram se acertando de uma forma ou de outra até aqui, e que possivelmente tudo vai acabar bem mais pra frente também. :)

  • Lominhaaaa

    Nossa, que amor de post.
    Sabe que eu teria muitas coisas pra dizer pra mim mesma de 10 anos atrás? Engraçado como, assim como você, eu tenho mentalidade de 15 anos, mas, vendo o que me preocupava naquela época, com o que eu sofria, hoje, eu tiraria de letra… acredito que “crescer” seja isso… E hoje os monstros que estou enfrentando naquela época nem sabia que existiriam… Parei pra pensar sobre isso e graças ao seu lindo post voltei 10 anos e sorri a manhã toda, milhões de lembranças boas e feridas que hoje, nem sobraram cicatrizes.
    Obrigada por me proporcionar isso… Como sempre, seu blog é amor demais e eu adoro passar por aqui!!!!!!

    Beijos enormes!!! Excelente semana pra você!!!

  • Muito bacana! O tempo passa mesmo voando e a gente muda tanto. Eu escreve cartas assim pra mim desde uns 12 anos, mas para a Jak do futuro sempre. As vezes eu pego pra ler e é emocionante. Nós somos a nossa companhia da vida inteira…

    • eu acho o máximo essa prática de capsula do tempo, deve ser lindo ler as cartas do seu passado e notar o quanto vc evoluiu e amadureceu <333

  • Olá!
    Eu adorei escrever a minha carta e estou amando ler cada uma delas.
    Tão bom seria se recebêssemos uma carta de nosso futuro e seguir seus conselhos não é mesmo?
    E o melhor que percebo em cada uma delas é que mesmo mudando os rumos, o que fomos é que serviu para nos moldar como somos hoje.
    Bjus

  • “Pode ficar brava, mas você tem 15 anos com uma mentalidade de 10. Mas eu não te julgo, pois atualmente a minha mentalidade é de 15. A gente tem esse medo de crescer, acho que precisamos trabalhar isso.” – Parece que foi pra mim. De fato, crescer é muito chato. Isso não significa que não tenhamos responsabilidades. Bjs

  • Mas, gente! Eu conheci a Lominha de 15 anos e ja a amava muito <3 A carta ficou linda onee. É de coração, intima e sutil. Poxa, me trouxe memórias bem random na cabeça, e memórias maravilhosas ao mesmo tempo! Adorei sua carta. E ser eterna criança esta incluído na nossa cabeça. PS: Lominha de 15 anos, NÃO pare de escrever fanfics, elas te ajudaram a melhorar a escrita ao longo dos anos <3
    beijos com amor para as duas Lomas