ORGblog 13: convide seu leitor a agir

ORGblog é uma série de posts que tem como principal intuito auxiliar na organização do seu blog. Os posts vão ao ar semanalmente em formato de tarefas e aqui nessa página você encontra o índice e todas as informações sobre o projeto.

sernaiotto-orgblog-13-convide-a-agir2

Todo blog possui leitores passivos, aqueles que até visitam mas nunca comentam, compartilham, curtem – não participam. Apesar de número de acessos ser um fator importante, a maior motivação para um blogueiro é a interação com seu leitor. Dessa forma, descobrimos o que está bom, o que não está e como podemos melhorar.

Já baixou o aplicativo do blog? Baixe no seu Android ou iOS e receba dicas exclusivas para o seu blog direto no celular.

Mas é possível tornar seus leitores passivos em ativos? Sim. Não todos de uma vez, mas a tarefa de hoje vai te ensinar a convidá-los para a ação e assim analisar como seu leitor reage a determinados tipos de ação. Vamos?

Eu acredito que a blogagem funciona no método do erro e acerto – nesse exercício, vamos praticar algumas técnicas e descobrir qual melhor se adapta ao seu blog. Mas antes, que tal olharmos para o nosso conteúdo para saber se ele é convidativo ou não?

Sim, a culpa pode ser sua!

Pode me xingar, pode me odiar, nada vai mudar o fato de que você pode, sim, ter culpa nessa história. Vou explicar: já visitei blog com um conteúdo okay, mas que não me dava abertura alguma para comentar e muito menos me instigava a compartilhar. E não adianta botar a culpa no seu nicho, tem muito blog pessoal que transforma suas próprias experiências em textos convidativos com os quais os leitores se identificam.

Se você posta algo que não é convidativo, que qualquer pessoa passa desapercebido ou que todo mundo já falou a respeito: sim a culpa é sua. E é possível inserir técnicas que vão convidar o leitor a participar. Então vem comigo!

Como convidar o seu leitor para a ação?

Saiba qual ação você quer que seu leitor faça

Parece básico, mas é necessário ressaltar que você precisa, primeiro de tudo, definir o que exatamente você quer que seu leitor faça. Para isso, descubra qual o propósito do seu post e qual o resultado que você espera dele. Quer que ele seja compartilhado? Então peça, no seu texto, que seu leitor compartilhe. Você quer que respondam uma opinião nos comentários? Então finalize seu post com uma pergunta (ou faça uma pergunta no título). Primeiro, defina o que você quer.

  • Comentar com uma opinião
  • Inscrever-se no RSS ou newsletter
  • Comprar um produto afiliado
  • Votar em uma enquete
  • Fazer uma doação
  • Comprar um produto que você desenvolveu
  • Fazer o download de algo
  • Visitar outro site
  • Curtir e/ ou compartilhar

Uma ação por post

Dar muitas opções assusta o seu leitor. Pedir que ele faça algo pequeno e simples por post pode gerar mais resultados do que pedir tudo de uma vez só repetidamente. Se eu chegar para você agora e pedir para você seguir meu blog, inscrever no meu RSS, curtir esse post e curtir a fanpage, você nem vai mover o seu mouse (e vai me mandar pra um lugar bem bonito). <3

Os dois lados saem ganhando

Ofereça uma vantagem para a ação do seu leitor. Gente, não tô falando pra comprar o leitor ou enganar, mas faça-o entender o que ele vai receber de benefícios ao agir da forma que você está pedindo. Você pediu pra ele assinar a sua newsletter? Então deixe bem claro o que ele vai receber de legal por lá, mostre que vale a pena sim assinar a sua news! Os dois lados saem ganhando, certo?

Uma ação simples e executável

Repito o que eu disse no segundo tópico dessa lista: peça por ações simples e executáveis, que não levam nem 1 minuto. Não exija demais do seu leitor, você precisa apenas de sua opinião, seu curtir, seu click. Pegue leve e nunca esqueça de agradecer.

Neon, gifs piscantes e coisa e tal

Dê destaque ao seu pedido e não o deixe abandonado no fim do seu post, num texto simples. Coloque-o perto de uma imagem, ou faça seu pedido em uma imagem. Use um sub título, cor diferente. Ou use-o no título, se for uma pergunta, por exemplo.

Dê um incentivo

Quando divulguei meu Bloglovin no Facebook, eu pedi para que quem me seguisse postasse seu link para que eu seguisse também. Isso foi um incentivo para a ação de me seguir e no final das contas eu ainda conheci um monte de blog legal. :)

Não choramingue – peça com confiança!

O que eu vejo de blogueiro choramingando no twitter “ninguém comenta no meu blog, viu, que saco, eu escrevo pra fantasmas, não vou blogar mais” ou “ai, gente, postei, comenta vai? pleaaaaase”. Eu acho feio. Dá a impressão de que a pessoa está desesperada por leitores mas não entrega um post de qualidade, porque ninguém visita ou comenta.

Primeiro de tudo: confie no teu taco e no que você faz. Segundo: analise o motivo de ninguém estar comentando. Você vai perceber que pode faltar abertura para que as pessoas comentem. Dessa forma, faça uma pergunta no seu post ou peça para que as pessoas deixem a sua opinião.

Feito. Mas e agora?

Você fez um post e convidou seu leitor a ação? Parabéns! O próximo passo é incorporar essa atitude no seu cotidiano. Sempre peça por uma ação, mesmo que disfarçada. Em todo post eu deixo uma abertura, seja uma pergunta, seja um convite para curtir alguma rede minha, seja uma reflexão. Crie esse hábito de chamar o leitor para participar e interagir.

No ORGblog por exemplo, eu crio tarefas. E a de hoje é: convide seu leitor a agir e compartilhe esse post comigo, que eu quero ver!

Não esquece de compartilhar o ORGblog com as amigas, né? E pois é, eu tô te convidando a agir de novo <3 HEHE

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ótimo post!

    As vezes eu sei que sou dessas. Publico sem pensar no que espero. Hoje não faço questão de ter um público muito grande, mas realmente interação faz toda diferença :)

    obrigada por escrever!

    • eu percebi que ao convidar para a ação, comecei a ter mais engajamento, respostas e participação da galera :) isso que motiva, né? então é importante a gente dar essa abertura <3 beijos

      • Essas dicas são muito valiosas. Não conhecia seu blog, mas o encontrei por acaso, pesquisando sobre algo específico para blogs, e encontrei sua série OrgBlog. Quanto a essa questão de pedir ao leitor uma ação, sinceramente, acho que não funciona com todo tipo de público. E olha que já faz anos que mantenho blogs. Hoje só mantenho um, chamado Almanaque da Fórmula 1, que relancei este ano, depois de um tempo parado por motivos alheios à minha vontade. Porém, mesmo em uma fase anterior, quando ele se tornou mais conhecido, dificilmente recebia mais do que cinco ou seis comentários nos posts que não ficavam zerados. Infelizmente, meus leitores são passivos demais, tanto no blog quanto no Twitter e no Facebook.

        No caso do Facebook, em especial, eu adoraria que fosse possível configurar para que o maldito botão curtir não aparecesse em minha fanpage. Por causa dele, as pessoas simplesmente optam apenas por dar um clique do que comentar e iniciar um bom debate.

        A proposta do meu blog é contar um pouco da história da categoria, mas mesclando com opiniões sobre a Fórmula 1 atual. Procuro sempre não repetir o que outros blogs já fazem. Daí, não posto todos os dias, apenas quando realmente tenho algo para dizer. Outra coisa na qual invisto são as entrevistas com ex-pilotos (algumas estão para serem republicadas em breve), mas mesmo nesse caso, não sei o que acontece que as pessoas simplesmente vão lá, mas não comentam, parece não haver interesse.

        Já faz um bom tempo que, depois de publicar um novo post, procuro seguindo as boas regras de divulgação nas redes sociais, mas sempre instigando o leitor a comentar, deixar sua opinião no blog etc. E nem assim a coisa funciona. Das duas uma: ou os blogs já não atraem assim tanta atenção das pessoas ou os leitores simplesmente estão perdendo ou nunca tiveram capacidade de argumentação. A não ser em blogs famosos, onde vejo 20, 30… 50 comentários, em média. Triste isso.

        • Oi, Alexandre. Seja sempre bem vindo.
          Bom, como você disse, o nicho influencia bastante. Teu tema é esporte, super voltado ao público masculino. É um tipo de conteúdo que as pessoas consomem mas talvez não tenham muito a falar sobre. Sabe portal de notícias? Eu leio, curto, compartilho se me interessa e vou embora. Esse tipo de material editorial, mais jornalístico, costuma atrair pouca interação, porém muito acesso. Como você disse, as pessoas curtem. Essa é a forma delas mostrarem que leram e curtiram.
          O meu blog é absolutamente pessoal e eu publico sobre assuntos com os quais as pessoas se identificam. Isso acaba gerando um debate. Mas muitas pessoas preferem dar um like e um share ao invés de comentar. Os que comentam são os que me acompanham há anos e já tinham esse hábito, da blogosfera antiga.
          Infelizmente, a interação na blogosfera está caindo demais com o tempo. Por isso que é sempre bom buscar interação: fazer perguntas, votações, ações do tipo.
          Mas não é garantia de debate e pode ser que o seu público apenas não tenha interesse em debater, goste apenas de consumir o que vc publica. ;)

          • Sim, sim. Essa queda é algo que venho constatando há algum tempo. As pessoas, infelizmente, estão se tornando mais preguiçosas. E muito por culpa do botão curtir do Facebook, a meu ver, que acabou criando esse hábito em quase todo mundo.

            Quanto ao blog ser de nicho, pode ser verdade, mas acho também que o povo ainda cultiva o velho hábito de só comentar blog famoso, feito por alguém conhecido. Nesses casos, nenhum post tem menos do que dez comentários. Se bem que tem um, ligado ao portal Globoesporte.com, que ultimamente tem ficado zerado.

            Vejo que isso é uma característica do público brasileiro também. Em blogs sobre automobilismo em inglês, as interações são frequentes e em grande número. Isso já me fez pensar várias vezes em começar a produzir no outro idioma. O alcance, além de ser bem maior, talvez traga melhores resultados.

  • <3 Tava precisando ouvir isso faz tempo!
    É uma coisa bem simples, mas ficava com vergonha de deixar uma pergunta no final do post e os próximos visitantes perceberem que ninguém respondeu e continuarem acanhados, haha

    Enfim, prometo que vou aplicar a ideia! Sério!

    Beijo*

    • Você não tem noção de quantas vezes eu fiquei no vácuo! Mas ai, comecei a dar uma mexidinha no conteúdo de forma que ficasse bem convidativo para a pessoa me contar a opinião dela. Acabou dando certo, meus posts pessoais acabam gerando mais comentários do que o ORGblog, por exemplo :) Tenta sim e me conta seu resultado ;) beijos!

  • Você e esses posts que me faz ter vontade de comentar ♡

    Confesso que raramente convido meu leitor para a ação. Por medo de parecer pedinte e medo da recusa tb, dz negativa, sabe? Mas vou tentar colocar em prática esta semana essas dicas e ver se surte algum resultado.

    Ps: pra este blog ficar perfeito (pra mim), só falta eu ser avisada por email qdo vc responde meus comentários hahaha #folgada e maior frequência destes posts lindos (mas isso eu entendo e prefiro menos posts mas com essa qualidade incrível do que trocentos que não me fazem querer comentar)

    • Tathy, o ORGblog é semanal pois eu preciso revezar com minhas categorias, né? Mas em breve teremos novidades do que diz respeito ao ORGblog e eu espero que vc curta. Até onde eu sei, os comentários respondidos são enviados pro email sim. Eram, não sei se ocorreu alguma mudança. Vou verificar. Obrigada pela dica ;)

  • Excelentes dicas, vão me ajudar muito! Principalmente fazer perguntas no final do post, eu comecei a fazer isso há pouco tempo e ainda não percebi resultado, talvez seja porque to deixando num textinho escondido no fim do post. Vou tentar fazer em imagem, muito boa a ideia!

    Beijos

    • Tem que ir com calma :) Vai perguntando, faça perguntas que instiguem a participação… uma hora, um ou outro começa a responder e ai a coisa flui ;) beijos

  • Concordo plenamente com você e me irrito fácil com esses blogueiros que vai no meu blog para pedir para eu passar no blog dele, uff, poxa eu fiz o post pois quero a opinião da pessoa. Adorei o tema abordado, me ensinou a não exagerar no que queremos quanto o assunto é o leitor.

  • Pessoas mendigando visita em blog, eu acho FEIO! Ainda bem que as pessoas que sempre comentam no meu blog são pessoas que acabei criando laço de amizade por gostar do conteúdo.

    Mas as dicas são ótimas!

    Kisu!

    • é feio mendigar, sim :) mas se seu conteúdo é atrativo, se vc faz perguntas e instiga a participação, esses comentários chegam naturalmente ;) beijos

  • Eu sou uma ex-blogueira (dos anos dourados dos blogs) e leitora assídua (e passiva) de blogs, não me lembro qual a última vez que deixei um comentário. E a maioria das vezes é por falta mesmo de ter esse “call to action” vindo do autor, parece que se você comentar você estará sendo um intruso.

    Aproveitando que eu escrevi esse comentário quero dizer que estou a-m-a-n-d-o essa série ♥ E ela anda me motivando a retomar o projeto do meu blog.

    (você vai me ver muito com aqui ainda rs)

    • Nunca se esqueça que blogar deve ser mais divertido do que qualquer outra coisa, viu?
      Fico super feliz que o blog está reacendendo a chama da blogosfera em vc! HAHA
      Obrigada por acompanhar e boa sorte ;)
      Beijos!! :*

  • Cara, que lhendo esse post <3 hahaha mas queria saber a sutileza de convidar a fazer alguma coisa :~ hahaah sempre acho que tipo, to mendigando atenção quando o faço, sei lá hahahaah
    Mas sério, esse blog é amor demais, gente, que isso <3333

    • fico feliz que gostou, obrigada por acompanhar! o intuito desse exercício é pedir que alguém próximo e de confiança ajude, como um amigo ou parente que não visitou seu blog na vida… acho que não é tão difícil pedir, vai? HAHAHA boa sorte! ;)

  • Ai Loma, seus posts são <3
    É bem tenso quando a gente sabe que quer alguma coisa – no caso, leitores – mas não sabe como chegar lá. Que bom que você tá aqui apontando a direção hahaha. O ORGblog tá ajudando muito. :3 Já conhecia o projeto há um tempo, mas só parei pra ler ~passo a passo~ agora.. e né… to amando. ♥

    Beijos!

  • Eu bem acho que não recebo muitos comentários porque não deixo muita abertura, acabei de pensar nisso. As vezes eu entro em alguns blogs e na hora de digitar um comentário não sei o que dizer, ou não comento nada ou acabo falando algo tão inútil que era melhor nem ter comentado. Pensando bem, pode ser assim que meu leitor se sente. Vou pensar um pouco e tentar convidar meu leitor a ação nos próximos posts

  • Sempre termino meus posts com uma ou duas perguntas, mas recebo pouquíssimas respostas.
    Pode ser por exagero (perguntas em TODOS os posts)? Ou é mais provável que seja pelo pouco tempo do blog (poucos visitantes mesmo)? Como estou começando nessa vida hehehe não ideia de quanto é um número razoável de visitantes e quanto tempo leva para eles começarem a interagir conosco…