Na dúvida, embarca e vai!

Minha mãe me ensinou que a vida não passa de uma viagem de trem. Ao nascer, você embarca no trem de alguém. Durante a viagem, muitas pessoas embarcam e desembarcam no vagão em que você está. Algumas ficam por uma longa jornada, outras descem na estação mais próxima. Mas você segue ali, até desembarcar – seja para pegar um outro trem, seja para encerrar a sua viagem.

Nessa viagem, a oportunidade é tudo o que passa pela janela. Se você dormir, perde tudo que o mundo tem pra te mostrar. Perde quem entra. Perde quem sai. E qual o sentido de deixar tudo isso passar, não é mesmo?

O que a gente não pode esquecer é que a estação final é o fim de fato – e tudo aquilo que você passou durante a viagem é o que você viveu. Quem entrou e quem saiu, os trens que você largou, os vagões pelos quais passou: tudo isso molda quem você é e a sua jornada. A estação final pode não ser a que você planejou, é permitido mudar de direção, sem medo. Embarcar, desembarcar. Só não pode perder a viagem e tudo que ela tem pra te oferecer, enquanto espera ansiosamente pelo ponto final. Planejar o caminho, aceitar as curvas e os atalhos. Mas jamais esquecer de olhar pela janelinha.

Também é preciso aceitar que tem quem entra e tem quem sai. E às vezes, o trem não prossegue se alguns passageiros não desembarcarem na estação determinada. Tem gente que embarca para a mesma estação que você. Tem gente que te acompanha apenas um trechinho. Mas você embarca sozinho e desembarca sozinho, não importa quanta gente te acompanhe, quanta gente entra e saia, por quantos trens você passe. É a sua viagem. E na dúvida, embarca e vai!

Com essa metáfora besta, uma esperança: chegar a estação final com a certeza de que fiz a melhor viagem possível, carregando no meu coração todos aqueles com quem já compartilhei o meu vagão.

Pra onde vai o trem da sua vida? Como está o seu vagão agora? 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Chorei com o texto, achei lindo, lindo demais! E posso dizer que o meu vagão agora está sofrendo algumas turbulências (acho que turbulência é só pra avião, mas enfim), hahahaha.
    E eu quero que você saiba, que dentre todas as paradas e indas e vindas que o meu trem já passou, eu fico muito feliz que eu tive a oportunidade de conhecer uma pessoa especial como você. Eu tenho um jeito meio estranho de demonstrar o meu carinho pelos amigos, então ontem no stream eu posso ter cometido algumas gafes ou ter ficado de poker face, mas juro que não é/foi proposital. Mas né, minha intenção com esse comentário não é pra ser sobre mim, e sim sobre você.
    Bom, eu espero (e tenho certeza) que o seu vagão irá te proporcionar viagens incríveis, aprendizados maravilhosos e encontros com pessoas inesquecíveis. Cada vez mais eu te admiro como pessoa, e também sei que você vai longe. O desânimo bate à cada decepção que temos, mas precisamos nos esforçar um pouquinho pra não deixar que ele nos domine, mas sim utilizá-lo como ponto de partida para um novo começo. E fico aqui disponível para o que eu puder ajudar para esse seu recomeço, mesmo assim, tão distante pra te dar um empurrãozinho e um abraço amigo. Mas a Lominha é fabulosa, talentosa, dura na queda e muito iluminada. Sabe aquelas pessoas que têm uma luz própria? Você é assim <3

    Te amo, um beijo.

    • chorei com seu comentário! as choronas <3 olha, o stream de ontem foi maravilhoso, vc não faz ideia do bem que me fez aquelas 4h de bobeiras aleatórias e ainda pude te conhecer bem melhor (e suas histórias marotas hehe) ^.~ obrigada! nem tenho palavras pra agradecer todo o seu carinho, então pessoalmente te darei um abração enorme, sei lá quando! nunca vou esquecer do apoio que vc me deu nesse momento e sempre me dá em todos os projetos. 사랑해요 친구 <3

  • Digamos que eu adoro essa conotação para trens! Considero que minhas amigas blogueiras estão em trens paralelos aos mesmo, acenando pela janelinha pra mim.
    Sei que estão lá… e bem. Isso basta para mim. =]
    Kiss

    • Dona japolinda, vc entrou no meu vagão e ai de vc se desembarcar sem mim! Na verdade, que nossos trens andem coladinhos pra sempre, viu? Aquele mesmo abraço que vc me deu em março, lembra? Eu tô sentindo ele agora! Obrigada e saudades <3

  • Ai, esses trens são demais. Tem um monte deles e acho que às vezes somos obrigados a trocar de trem. Ficamos bravos na hora, mas depois que passa a raiva e a tristeza percebemos que foi melhor. Espero estar sempre pertinho do seu trem, sua linda <3
    Loveu onee

  • Esse texto me tocou muito
    Difícil realmente entender o porque das pessoas que você ama não te acompanharem até o fim da viagem mas temos que aceitar que cada um tem o seu destino.
    É uma metáfora bem confortante pro meu coração

  • Meu vagão está indo em frente,mas esta indo devagar,pois tem esperança que algo do passado volte! Em um caminho confuso sobre o que acontece no presente,sem saber o que pode acontecer no futuro…Está quase parando,sem saber qual direção seguir! Mas essa viagem vai me trazer muita aprendizagem! Lominha adorei seu texto,é tão motivador,me passa tanta emoção,parabéns!

  • :)

    Loma, eu me recordo da nossa conversa pelas ruas da praia aquele dia. Você tem uma garra muito bonita e pessoas que te amam que vão te apoiar sempre.

    E sabe, é isso mesmo. Morremos e nascemos com um monte de gente ao redor, mas ainda sim, sozinhos. E quanto antes aprendermos a nos amar independente de quem está conosco, mais sofrimento evitamos.

    Embora isso nunca vá deixar de doer em nós. Porque dói mesmo, amar algo/alguém e perder. Mas acredito na superação e sei que você em breve estará ainda mais forte!

    Beijo no coração e um abraçãooooooooo _o_

  • Que texto lindo Loma. Você não sabe o quanto me tocou, estou vivendo uma situação um tanto triste também e seu desabafo me ajudou… Espero que você esteja bem, e saiba que, mesmo que virtualmente, você sempre terá um ombro amigo aqui! :3 Tudo passa, e tudo tende a melhorar! Fighting! ♥

    • obrigada pelo seu apoio e fico feliz em saber que o texto tocou um pouco em vc <3 escrever me ajudou muito, espero que tenha te ajudado um bucadinho! conte cmg tb!

  • Eu sempre tive essa visão de vida. E isso se intensificou com a minha experiência de morar no Japão e se estende até hoje. Quanto mais vc amplia seus horizontes, mais tranquila vc consegue fazer a sua viagem e aceitar que tudo na vida é passageiro, inclusive nós.

    Kisu!